Lugares e Produtos duvidas enxoval de bebê

10 dúvidas sobre enxoval

24 de setembro de 2018

Na última semana, pedi que os seguidores mandassem algumas dúvidas sobre enxoval lá no Instagram e reuni as respostas em alguns vídeos. Mas também quis colocar aqui, para quem possa ter interesse em outro momento. Lembrando sempre que é a minha opinião que pode ser diferente da sua ou de outras pessoas, né?

Bolsa de maternidade x mochila

Conheço pessoas (poucas) que preferem as bolsas – aquelas de alça de ombro. A maioria das mães e pais que experimentaram mochila para carregar as coisas do bebê amam e não trocam. Isso porque é muito mais fácil deixar tudo nas costas – especialmente se você sai com mais de um filho.

O que mais me agoniava era estar com a bolsa no ombro e me abaixar para atender o bebê no carrinho e, daí, as bolsa escorregar e quase dar na cara da criança. Momentos de tensão!

Coisa que a gente compra e usa muito

Uma das coisas úteis para a vida que a gente pode comprar no enxoval é termômetro de 1 segundo, aquele que só encosta na testa do bebê e já sabe o resultado. Pode ser usado para todo mundo!

termometro de testa bebê

Coisa que a gente compra e usa muito 2

Outra coisa que é muito útil e a gente compra mais por estar na lista é o cueiro. Aquela mantinha bem fininha de algodão, preferencialmente sem elastano. A gente usa para fazer charutinho no bebê, para cobrir no passeio de carrinho em dias mais quentes, para forrar uma superfície em que a gente vai colocar o bebê… Enfim, são muitas utilidades.

Nem todo mundo compra, mas é muito útil

Uma coisa que nem todo mundo compra, mas é muito útil é babá eletrônica. Se for de vídeo, melhor ainda. Ela é essencial para quem quer que o bebê durma no seu quartinho. Ela nos dá liberdade e segurança para dormir melhor! Eu usei muito. Além disso, você pode levar para a casa de amigos e parentes onde a criança possa dormir em outro cômodo durante as programações.

Nem todo mundo compra, mas é muito útil 2

Espelho retrovisor de banco traseiro! Para quem anda muito de carro com o bebê é maravilhoso, pois você consegue ver vem a criança mesmo no bebê-conforto de costas.

retrovisor banco traseiro bebê

O que nunca é demais (e um bom presente)

Paninhos de boca – dos mais simples aos mais decorados – nunca são demais. E gente usa muito e por muito tempo! Até hoje eu tenho e minha filha mais nova tem 4 anos.

Não comprei e me arrependi

Não comprei nem sling nem canguru e me arrependi muito. A Manuela não precisou, mas a Ana Júlia, minha filha mais nova, era muito de ficar no colo e eu sofria por causa das coisas que precisava fazer. Se eu tivesse tido um sling, acho que algumas fases teriam sido bem mais tranquilas.

Quanta roupa comprar para o bebê

Aqui no blog tem uma dica de quanta roupa comprar para o bebê. Acho importante ressaltar que, antes de seu filho nasceu, o ideal é comprar roupas RN e tamanho P. Deixe para comprar M e G conforme forem sendo necessárias.

quantas roupas comprar para o bebê

Isso porque você não sabe como será o crescimento da criança para cruzar tamanho x clima. Vale a pena esperar.

Itens desnecessários de enxoval

Não gosto muito de falar sobre isso porque cada pessoa pensa de um jeito, né? Mas você pode ver a minha opinião nesses dois links:

Coisas que eu comprei e me arrependi
Roupas para não comprar para o bebê

Vale comprar roupa de calor para recém-nascido?

Se o bebê for nascer no verão, vale a pena sim (ou se você morar em regiões muito quentes também). Nos primeiros dias, a criança não vai ficar de manga curta porque ainda não tem totalmente formado o sistema de regulação de temperatura corporal. Mas a partir da segunda semana, você pode – e deve – começar a deixar o bebê com roupas mais quentes ou mais frescas de acordo com a temperatura.

Mesmo se não estiver calor o suficiente para usar só body de manga curta, você pode usá-lo por baixo de um tip top mais fino de manga comprida para ajudar a segurar a fralda e não aquecer demais o bebê.

Confira outros links sobre o assunto

5 dicas especiais para quem está fazendo o enxoval.

Esse conteúdo foi apoiado pela Xiquita Premium, marca em que confiamos e confia em nós.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 8 anos, e Ana Júlia, 3 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados