Lá em Casa

Mais filhos, menos culpa

Mais leve! Com menos culpa É assim que me sinto hoje como mãe. Mas essa leveza só veio com o segundo filho. Aprendi a largar muito da culpa ao longo do tempo com a Manuela; mas não tanto quanto hoje, com a Ana Júlia. É claro que quando a caçula veio rolaram algumas neuras: vou…

Continuar Lendo

Passeio no Beto Carrero

Quem me acompanha nas redes sociais, em especial no Stories do Instagram, ficou sabendo que eu viajaria com meu marido por 15 dias. Para deixar o meu coração menos apertado, resolvi passar o dia da véspera da viagem no Beto Carrero com as meninas, pois eu sei que é sempre muito divertido. E, como eu…

Continuar Lendo

Deixe seu filho ser criança

Não importa o tamanho, deixe seu filho ser criança. Na foto destaque deste post, Manuela e a alegria de fazer bolhas de sabão! Uma das minha maiores dificuldades quando a Ana Júlia nasceu foi, sem perceber, começar a tratar a Manuela quase como uma adulta. Por sua falta de dependência de mim – especialmente comparando com…

Continuar Lendo

As férias e o home office materno

Ainda tem gente que acredita que mães empreendedoras vivem num mar de rosas e que o home office materno é a realização de todos os sonhos. Sem horários para cumprir, sem ponto para bater, sem chefe para o qual dar satisfação: o sonho de todas as mulheres. Mesmo com muitos e inegáveis benefícios, ser dona…

Continuar Lendo

O problema não é a desobediência. É meu autocontrole (ou a falta dele)

Falei nas redes sociais sobre a minha dificuldade de lidar com a desobediência da Manuela e fui compreendida por muita gente. Eu não sei lidar com a desobediência da Manuela. Eu dou uma ordem clara: “faça tal coisa”. E ela simplesmente não faz! O sangue sobe, a paciência some e, às vezes, a voz aumenta….

Continuar Lendo

Como escolhi o nome das minhas filhas?

A escolha do nome do bebê é uma das decisões mais difíceis dos pais. E, por isso, muita gente tem curiosidade de conhecer a história por trás dos nomes das meninas. Então, no vídeo abaixo, eu conto um pouco sobre como escolhemos os nomes Manuela e Ana Júlia. Confira do vídeo E se você precisa…

Continuar Lendo

E quando o “diga oi” não funciona…

Eu já falei aqui no blog, que eu “forço” as minhas filhas a dizerem “oi” para as pessoas. Beijo e abraço é opcional, mas cumprimentar é comportamento básico e essencial para viver em sociedade. É um primeiro passo para aprender respeito e empatia ainda na infância. Porém, às vezes, o diga oi não funciona. Nesse último final…

Continuar Lendo

Agora nós temos um hamster: 2 semanas da Pam

Já fazia muito tempo (mais de um ano e meio) que a Manuela estava me pedindo um cachorro. Um drama sem fim porque queria um animalzinho de estimação. Sinceramente, eu amo cachorro, mas não dou conta de cuidar de um na minha vida atual. Porque a gente sabe que acaba sobrando para a gente né?…

Continuar Lendo

Não existem condições ideias para a maternidade

Não existem condições ideais para a maternidade. Quando eu trabalhava o dia todo fora de casa, me pegava pensando que queria pode almoçar com as minhas filhas e levá-las ao parquinho durante o dia. Quando estava com as duas em casa – na licença-maternidade – ficava pensando em como eu queria ir trabalhar um pouco…

Continuar Lendo

[Dia do jornalista] 5 verdades sobre ser jornalista e mãe

Hoje, 7 de abril, é dia do jornalista (viva a gente!!) e listei 5 verdades sobre ser jornalista e mãe. As amigas se identificam? Você faz escolhas sobre maternidade com base em reportagens que você já fez “Um vez eu entrevistei uma psicopedagoga que comprovou que…” Você não ouve a opiniões sem pensar “no outro lado”…

Continuar Lendo

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados