Lá em Casa

A vida social pós-maternidade

Definitivamente, TUDO muda após você ser mãe! Uma coisa que eu nunca achei que fosse mudar muito para nós, era em relação aos programas com nossos amigos. Isso porque com o nosso grupo de amigos mais próximos, os encontros eram basicamente os mesmos: ir comer na casa de alguém, jogar Wii na casa de outro,…

Continuar Lendo

Viagem com criança: diversão ou agonia?

Na semana passada, viajei sozinha de avião com a Manuela (ela está com um ano e nove meses)! Estava super nervosa. Eu ia fazer um curso no Rio de Janeiro na sexta-feira e aproveitei para levar a Manuela e passar o final de semana na casa da minha cunhada que mora lá. Mas estava meio…

Continuar Lendo

11 horas na escola

Eu sou uma péssima mãe, mas pelo menos não estou sozinha no clube. Esse começo de semana foi particularmente corrido no escritório. Tive compromissos fora e muitas coisas para fazer. Resultado, levei a Manuela cedinho para a escola e fui buscá-la tarde. E ontem, a caminho da escolinha, percebi: ela ficou quase onze horas na escola!…

Continuar Lendo

Enciclopédias ambulantes

Como é complicado conviver com enciclopédias ambulantes. Já falei em post anterior sobre a dificuldade de ouvir os muitos conselhos que recebemos durante a gestação e os primeiros momentos de seu  filho. Basta você ficar grávida pela primeira vez e todas as pessoas ao seu redor parecem ser enciclopédias ambulantes, verdadeiros experts em tudo aquilo que envolve crianças. Felizmente, fazia…

Continuar Lendo

Escolhas difíceis

Ser mãe que trabalha fora é fazer escolhas constantes… Não reclamo de trabalhar fora. Aliás, essa foi uma escolha que eu fiz e que – em breve – posso compartilhar. Admiro – e muito -, as mulheres donas-de-casa, “mães em tempo integral”, pois são verdadeiras heroínas e fazem um papel que eu não consegui assumir por muito…

Continuar Lendo

Cadê minha barriga?

Há umas duas semanas, recebi a notícia de que uma amiga minha que não vejo há algum tempo está grávida! Fiquei muito feliz por ela, sei que ela vai ser uma ótima mãe, além de ter certeza de que o neném vai ser lindo! Mas eu tenho que confessar que fiquei com uma pontinha de…

Continuar Lendo

“Não 2” – A retratação

O post que escrevi sobre a birra das crianças  teve uma grande repercussão off-line. Segundo os comentários, eu dei a entender que as crianças têm desculpa para a birra e não devemos brigar com elas! Não, essa não é a minha opinião! Sei que muitas vezes, as crianças apenas batem o pé para aquilo que…

Continuar Lendo

O primeiro giz de cera e a eterna culpa materna

Li uma vez (naquele livro Eu era uma ótima mãe até ter filhos), uma mãe contando com vergonha que o filho comeu sete gizes de cera enquanto ela fritava a carne para o jantar. Ri muito pela situação! Hoje, estava trabalhando no computador, enquanto a Manuela (um ano e 3 meses) brincava, logo ela veio…

Continuar Lendo

“Não!” – A temida birra das crianças

Todo mundo lembra de já ter visto aquela cena de birra de criança no shopping ou no mercado, chamando atenção de todo mundo e fazendo a mãe passar aquela vergonha indescritível. Eu também, é claro, já vi essa cena. E mais: como a maioria dos leitores desse texto, também pensei “- que absurdo! É falta…

Continuar Lendo

Estamos sendo observados

Uma das maiores alegrias de ter uma filha menina é poder usar e abusar dos “penduricalhos” de cabelos. Mas, recentemente, a Manuela (1 ano e 3 meses) está com o hábito de tirar o tic-tac do cabelo e colocar na boca. Nesse domingo, saímos nós três e quando olhei para ela na cadeirinha do carro,…

Continuar Lendo
Página 25 de 26« «...1020...242526

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 8 anos, e Ana Júlia, 3 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados