Sobre Filhos

35 pérolas sensacionais da Manuela

2 de outubro de 2015

Na semana passada, estava contando para a Manuela sobre o eclipse da Lua. Depois de algum tempo, ela me perguntou: “Quantas horas faltam para o apocalipse?”. Ah, era o eclipse. Daí me lembrei que ela, desde sempre, fala coisas sensacionais (e eu registro a maioria). Então resolvi reunir algumas das mais cômicas:

Ladrão (aos 4 anos)
Manuela sussura:
– Mamãe, eu vi um ladrão na rua.
– Como você sabe que era um ladrão?
– Porque ele está vestido de listrado preto e branco.

Vida dura (aos 6 anos)
– É muito chato fazer lição. É mais chato até do que ir pra praia e ficar com o biquíni cheio de areia.

Vida dura #2 (aos 6 anos)
Falando para a irmãzinha: – É fácil a vida de bebê, né? Você nem imagina como é a vida de uma criança grande. É um massacre.

Sobre natal (aos 3 anos)
– No presépio, tem Jesus, o Zé e os três reis magros.

Sobre natal #2 (aos 6 anos)
– Como que os reis magos sabiam que Jesus tinha nascido se eles não tinham computador nem tablet?
(alguém aqui está falhando em contar a história, rs)

No banho (aos 5 anos)
– Mamãe, por que quem inventou o sabonete inventou ele tão escorregadio?

No banho #2 (aos 5 anos)
– Filha, você lavou o rosto?
– Não, obrigada.

O importante não é ganhar (aos 3 anos)
– Manuela, eu vou ganhar de você.
– Eu não estou competiçando.

Doente (aos 3 anos)
– Mamãe, se eu sempre fico doente, você deveria ser médica.

Doente #2 (aos 5 anos)
– Mamãe, se você fosse médica, o que diria que eu tenho?

Vento (aos 4 anos)
– Quando eu corro bem rápido, o vento me ataca!

A eterna insatisfação humana (aos 6 anos)
– Se eu visse uma estrela cadente, ia pedir para encontrar uma lâmpada mágica.

Roupas (aos 3 anos)
– Mamãe, dobra a manga da calça?

Frio (aos 2 anos)
– Mãe, coloca a minha touca? Estou com frio no cabelo.

Calor (aos 3 anos)
Com a mão na axila: – Mamãe, meu ombro de baixo está molhado.

Não solte balão (aos 4 anos)
– Né que não pode soltar balão com fogo? Só com ar ou gás velho.

Toy story feelings (aos 3 anos)
– Sabia que no nosso país os brinquedos não se mexem quando ficam sozinhos?

Símbolo (4 anos)
– Mamãe, sabe por que não pode acordar um símbolo?
– Que símbolo, Manuela?
– Símbolo, aquela pessoa que anda dormindo.

Sabe onde? (aos 3 anos)
– Mamãe, o que é “sei lá”? É quando você sabe em outro lugar?

Planos (aos 3 anos)
– Mamãe, eu queria sair para ver o mundo.

Planos #2 (aos 4 anos)
– Mamãe, quando eu crescer e for cientista, você promete que vai olhar as minhas fórmulas?

Orando (aos 3 anos)
– Papai do céu, obrigada por este dia que usamos.

Escola (aos 5 anos)
Explicando para a irmãzinha: – Eu estou no primeiro ano. Você sabe o que é primeiro ano? É quando você já é uma criança adulta que sabe de todas as coisas.

Carinho (aos 3 anos)
– Manuela, por que está tirando a meia? Está frio.
– É para o tapete fazer carinho no meu pé.

Sobremesa (aos 2 anos)
– Filha, quer banana de sobremesa?
– Só quero banana. Não quero de sobremesa.

Final da tarde (aos 2 anos)
– Olha, mamãe, está um pouquinho de dia e um pouquinho de noite.

Escolhas alimentares (aos 5 anos)
– Eu não queria que a nossa horta fosse de vegetal. Podia ser de bolo ou brigadeiro…

Amiguinha (aos 3 anos)
– Mamãe, a gente pode ir na casa da Mô?
– Filha, eu não sei. Eu não tenho o telefone dela para falar com a mãe dela.
– Mas a gente usa o nosso telefone.

Sobre acordar cedo (aos 2 anos)
– Quando o dia acende lá fora, a gente tem que acordar.

Desenho (aos 5 anos)
– Mamãe, aqui eu desenhei você. Desculpe porque eu te desenhei gorda.

Quem sabe mais (aos 5 anos)
Papai e mamãe discutindo sobre fatos históricos. Manuela interrompe:
– Mamãe, quem é mais nasceu antes, você ou o papai?
– O papai, filha.
– Então, ele está certo. Porque quem nasce antes sempre sabe um pouquinho mais do que quem nasce depois.

Lógica comercial (aos 4 anos)
– Mamãe, eu queria um daqueles mundos.
– Um globo, filha? Eu também queria, mas não vou comprar porque é meio caro.
– Mas você gosta de meio caro. Você não gosta de “muito” caro.

Lógica comercial #2 (aos 3 anos)
– Filha, eu liguei para duas lojas, mas não achei o jogo que você queria.
– Por que você não ligou em cinco lojas?

Lógica comercial #3 (aos 3 anos)
Diante da enorme lista de presentes desejados para o aniversário:
– Manuela, lembra que a mamãe e o papai vão te dar a bicicleta de aniversário, né?
– Mas eu tive uma ideia. E se só você me desse a bicicleta e o papai me desse outra coisa?

Coragem (aos 4 anos)
– Manuela, não tira a pele do machucado. Vai doer.
– Não vai, eu vou fechar meus olhos.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados