Viagens e Passeios

Bita, o salvador de quem não aguenta mais a Popó

22 de junho de 2015

É com tristeza no coração que percebi que a Ana Júlia não gosta de televisão. Não que eu queira que ela seja viciada em televisão, mas é que a TV sempre deu uma boa ajuda na época da Manuela. Eu conseguia fazer alguma coisa enquanto ela assistia Backyardigans ou Hi-5.

Mas com a Ana Júlia, os programas não atraem nem cinco minutos. Exceto a bendita Popó…

Há uns dois meses, a Ana Júlia teve uma gripe bem chata que a deixou em casa a semana toda. Na luta para fazer inalação e distraí-la, acabei apresentando para ela a Galinha Pintadinha. E ela curtiu um monte, tipo 10, 15 minutos de atenção exclusiva. Mas, gente, eu acho muito chato e enjoativo.

Felizmente, conheci o Bita! Já tinha ouvido várias pessoas falando dele no Instagram e um dia coloquei no Youtube para a Ana Júlia assistir. E ela ficou vidrada. As músicas são muito fofas e os desenhos também. É claro que ouvindo 35 vezes por dia, também enjoa, mas é muito mais legal que a Popó.

Eu tinha visto no Youtube alguns vídeos do Bita e os Animais e fiquei apaixonada. Até pensei em assinar o Netflix só para ver na televisão, mas ainda não decidi. Essa semana, para noooossa alegria, recebemos da Mr. Plot o DVD Bita e as Brincadeiras. É muito fofo!

Para vocês terem uma ideia, vejam abaixo o vídeo da minha música favorita deles:

Vocês encontram o Bita em DVD, no Netflix e no Youtube.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 3 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados