Para Mães e Pais

Dezenas de jeitos (certos) de ser uma boa mãe

10 de agosto de 2018

Há quem ama viver grudada na cria. Ama dormir junto, não consegue se imaginar trabalhando fora, adora ser mãe e isso a realiza.

Há quem ama a liberdade de trabalhar fora, adora cada qual no seu quartinho, não abre mão da vida profissional e dos momentos só para si.

Esses são só dois extremos. No meio ainda há muita gente: quem empreendeu para ficar perto dos filhos, quem pediu as contas e depois se arrependeu, quem continuou trabalhando fora e decidiu parar depois.

Tem quem montou o quartinho do bebê, mas ele nunca foi usado. Tem quem desejava a cama compartilhada, mas não se adaptou.

Há aquelas fãs de rotina, as que preferem deixar as coisas rolarem do jeito que der. Algumas não vivem sem organização; outras não têm a menor preocupação com isso.

Há as que desejam ajuda, gente dentro de casa, mil mãos para todos os lados. Há quem prefere ficar sozinha, dar conta do seu jeito.

Todas elas têm uma coisa em comum: amor, muito amor, e o desejo incessante de fazer o melhor.

E, é nisso, que as redes sociais são tão legais. Porque mostram que existem dezenas de maneiras de ser uma boa mãe.

Quem é você nesse oceano de mães maravilhosas?

como ser uma boa mãe

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados