Durante a Gravidez

Erros e acertos: chá de fraldas

28 de julho de 2010

Fazer Chá de Fraldas foi um grande acerto da minha gestação! Só pedi fraldas e alguns itens de higiene, mas houve algumas queridas amigas que deram outros presentinhos e mimos.

A questão é que eu só precisei comprar fraldas RN porque a Manuela nasceu prematura e usou bastante esse tamanho… Mas depois que comecei usar as fraldas P que ganhei no chá – e as M -, só comprei quando a Manu estava com uns 6, 7 meses. Foi ótimo!!

Sei que muita gente opta por fazer chá de bebê mesmo, mas tem muita coisa que as pessoas colocam nas listas de presente que é complicado pedir. São presentes mais caros como banheira, bolsa, trocador, entre outros. Além dos mais, corre-se o risco de ganhar uma peça que não combina nada com seu enxoval ou é totalmente diferente do seu gosto pessoal!

Felizmente, não tive esse problema. Gostei de tudo o que eu ganhei de enxoval… E o mais legal: foram presentes espontâneos, que não pedi. Foram roupinhas, brinquedos, bichos de pelúcia, itens de higiene, uma linda bolsa de neném e muitas coisas diversas e que foram bem usadas.

Mas, voltando ao meu chá de fraldas, eu optei por pedir fraldas (Pampers ou Turma da Mônica), pomada de prevenção de assaduras, cotonetes, algodão, higiapele, lenços umedecidos e coisinhas assim. Acabei montando um baita de um estoque.

Para a festinha, fiz uma decoração simples mesmo e não tivemos nenhum tipo de brincadeira, apenas a confraternização, mesmo porque precisava ficar de repouso, né?. Mas ainda sim foi uma delícia!

Ah, não posso deixar de comentar que o chá foi em um domingo.. na madrugada para segunda, a bolsa estorou! Saímos correndo para o hospital e nem tinha tido tempo de guardar os presentes. Pacotes e mais pacotes de fraldas ficaram jogado no chão da sala.

Quando penso nisso, fico imaginando se o chá teve alguma influência sobre o rompimento da bolsa. De duas uma: ou a Manuela ficou muito empolgada com a festa ou eu deveria ter levado mais a sério a recomendação da minha obstetra. Ela passou no início do chá e falou “lembra que você não pode ficar muito tempo sentada”. Para minimizar o sentimento de culpa, prefiro acreditar na primeira hipótese.

Caso possa interessar, seguem algumas ideias que fiz no chá da Manuela. Às vezes, pode dar uma luz para quem ainda está organizando o seu chá de bebê:

– Convite: fiz um convite personalizado e online. Escrevi o nome do convidado e enviei por email. Só imprimir um para guardar de lembrança. Além de ser legal receber um convite com o próprio nome, economizamos impressão – o que ajuda o bolso e o planeta.

– Lembrancinhas: pirulitos chupetinhas! É da fábrica da minha mãe (Minduim & Cia) e ficou tudo a ver com o contexto, né?

– Dia e horário: domingo à tarde

– Outros: uma amiga minha ficou com a minha câmera fotográfica, outra amiga com a filmadora e uma outra, grande amiga, trouxe a câmera profissional de um colega. As fotos ficaram ótimas.

– Coloquei um espaço para as pessoas escreverem recadinhos para a Manuela e estão todos bem guardados para que ela possa ler um dia. Os meus papéis eram avulsos, mas existe a possibilidade de fazer cadernos lindos personalizados que podem ser usados nessa ocasião ou na maternidade, para as visitas do neném deixarem seus recados. Sem dúvida, é mais fácil de guardar.

Você também pode se interessar por:

Quantas fraldas pedir no chá de bebê?

 

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados