Durante a Gravidez

Eu tive um sonho…

17 de agosto de 2008

Algumas pessoas dizem que as grávidas sonham mais, mas isso não tem justificativa científica alguma. O que acontece é que como as gestantes acordam com freqüência durante a noite (seja para ir no banheiro, por causa de movimentos do bebê ou apenas ansiedade), elas lembram com mais facilidade do sonho que estavam tendo. Bem, eu sempre sonhei muito e com coisas bizarríssimas (o pessoal do sindicato da Reviver que o diga, rs).

Há umas três semanas tinha sonhado que a minha obstetra descobriu que era menina sem fazer o exame… No último final de semana, de sexta para sábado, antes de fazer a ecografia e descobrir o sexo, sonhei que estava no hospital com muitas pessoas e a dra. Margareth chegou e falou: E aí já decidiu o nome? E eu falei: Como assim? Mas o que é? E ela falou que era menina (aliás, já tinha nascido e eu não tinha nem percebido…)

Bem, como dizem, as mães sempre sabem! E mesmo eu não tendo nenhuma preferência por sexo algum, eu sempre achei que fosse menina. Nomes, roupas, decorações, tudo que era de menina chamava mais atenção.

De qualquer forma, sonhei na segunda-feira com a minha princesa. Ela era bem cabeluda e estava chorando, mas quando eu começava a cantar, ela parava de chorar. Detalhe: a música que eu cantei para ela no sonho é uma música que eu sempre canto para o bebê desde que descobri que estava grávida, “Aos olhos do Pai” Diante do Trono para Crianças.

Foi muito lindo sonhar com ela!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados