Viagens e Passeios

Hot Beach Park em Olímpia: nosso passeio com as crianças

16 de agosto de 2021

No mês de agosto (2021), fomos convidados para conhecer os Hot Beach Park, em Olímpia (SP), com as crianças – Ana Júlia, com 7 anos e a Manuela, com 12 anos.

Ficamos hospedados no novo empreendimento o Hot Beach Suítes, um misto de hotel e casa de férias. Saiba mais sobre ele nesse link.

Eu já tinha ouvido falar muito bem sobre o parque, mas nunca tínhamos ido. Depois de grande limitação de viagens em 2020 e 2021 por conta da pandemia, resolvemos aceitar o convite com muita alegria e encaramos mais de 10 horas de estrada desde Curitiba.

hot beach parque em olímpia

Como chegar no Hot Beach em Olímpia (SP)?

Sim, dá para ir de Curitiba a Olímpia de carro, se sua família se dá bem com viagens longas. Aqui foi bem tranquilo. Mas também dá para chegar ao Hot Beach em Olímpia de avião. O aeroporto mais próximo é São José do Rio Preto (SP). De lá para o hotel, você vai gastar uns R$ 100 de Uber, aproximadamente.

Quanto custa o ingresso do Hot Beach Park?

O valor do ingresso varia de acordo com o dia e a temporada, por isso, confira aqui no link o valor atual.

Os hóspedes dos hotéis Hot Beach têm acesso liberado ao parque – o que é ótimo! A gente vai e volta o tempo todo conforme a necessidade. E quem vai passar mais do que um dia não fica naquela pilha de “curtir tudo do parque correndo” – o que pode ser um pouco desgastante, especialmente com criança.

O Hot Beach é bom para ir com criança pequena?

Eu achei o lugar PERFEITO para ir com crianças – inclusive as bem pequenas. As atrações para elas são agradáveis para passar o dia todo. Piscininhas rasas com muitos brinquedos e bastante espaço.

Os brinquedos mais infantis ficam todos próximos e pertinho do banheiro família, com trocador, banheira e chuveirinho e micro-ondas à disposição.

Uma dificuldade que mães com bebês podem ter é encontrar um lugar à sombra. Ainda que o parque tenha MUITA sombra por causa dos guarda-sóis e árvores, em um dia mais cheio, conseguir garantir esse cantinho pode ser mais desafiador se você não chegar cedo.

Na minha opinião particular, para quem está com bebê, vale muito a pena ficar hospedado no hotel para ter a facilidade de ir e vir com a criança conforme a necessidade, o cansaço e tudo mais.

hot beach parque em olímpia

Crianças maiores, adolescentes e adultos vão se divertir?

Todas as piscinas são de profundidade rasa ou média – e com águas quentes naturais. Na verdade, estão mais para mornas dependendo da atração. A mais funda, acho que tem 1,40m. O que torna todo o parque bastante acessível para as crianças.

Eu, meu marido e a minhas filhas nos divertimos demais. Há duas piscinas estilo “bar molhado” que são as preferidas dos adultos. Elas, inclusive, têm a água bem quentinha.

Além disso, há os tobogãs que fazem sucesso entre os mais velhos. E o rio lento – para ir de boia – que toda a família curte.

Mas o nosso preferido mesmo foi a piscina de ondas. Ela fica na “praia Hot Beach”, área com areia toda ambientada para a gente se sentir na praia mesmo. De tempos em tempos, o mar tranquilo ganha ondas de diversos tipos e intensidades. É muito bacana!

O que comer no Hot Beach?

O parque tem muita opção de lanches, aperitivos, bebidas, mas também tem restaurantes para uma refeição mais completa.

Não é permitido entrar com bebidas e comidas no parque, salvo em casos de alergia alimentar comprovada.

Todo o consumo é feito via pulseira, portanto você não precisa ficar carregando cartões ou dinheiro ao longo do dia.

A gente, que estava no hotel, não levava muita coisa para o parque. Mas quem vem de fora pode alugar os guarda-volumes disponíveis nas entradas.

Saiba mais

Acesse o site e tire todas as suas dúvidas.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados