Viagens e Passeios

Lugar para ir com criança: Trem Curitiba-Morretes

14 de outubro de 2013

A Manuela, há mais um ano, me pede para andar de trem. Finalmente, levei-a neste final de semana. Aqui em Curitiba, a opção é pegar o trem da Serra Verde Express, que vai até Morretes. Há diversas opções e preços e a viagem dura cerca de três horas.Lugar para ir com criança: Trem Curitiba-Morretes

A Manuela, que está com 4 anos e 10 meses, gostou muito, mas foi cansativo demais para ela. Lá pela metade da viagem, depois de passarmos os primeiros túneis e tudo mais, ela ficou entediada e daí acabou dormindo na meia hora final.

Nós fomos de Litorina, o trem que sai um pouco mais tarde, eles servem um lanchinho bem gostoso, além das bebidas. E tem a guia que vai explicando todos os pontos (e com quem a Manuela se deu super bem). A Litorina também para no meio do caminho para tirarmos fotos.

Ah, criança até 5 anos não paga desde que vá no colo. Mas quando você compra uma passagem só, eles apenas vendem na janela e o assento ao seu lado só será ocupado se surgir alguém de última hora. Assim, as chances de não haver ninguém e você colocar a criança sentada ao seu lado são grandes.

Enfim, foi uma experiência válida – ainda mais porque a Manuela me pedia isso constantemente -, mas eu indicaria para ir com crianças mais velhas, que “aguentarão” melhor a viagem.

Ah, também indico apenas a ida. A maioria dos turistas volta de ônibus ou de van. No nosso caso, meu marido desceu de carro para nos buscar. Assim, a gente também aproveita e vai almoçar o legítimo barreado (nós adoramos o restaurante Dona Siroba) e faz uma paradinha no rio. Paradinha mesmo, era só para a Manuela jogar uma pedras na água… E não esqueça o repelente porque as bitucas são cruéis.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados