Lá em Casa blog de mãe

Luzes e sombras da maternidade

2 de agosto de 2015

blog de mãe

A maternidade é cheia de luz, mas também tem suas sombras.

A gravidez é marcada por muita emoção e, ao mesmo tempo, vários desconfortos.

O parto é um momento sublime, mas que envolve dor e esforço.

E isso é só o começo. Em um mesmo dia, vamos de deprimidas às mulheres mais felizes do mundo em questão de minutos – e várias (várias mesmo) vezes em 24 horas!

Em um segundo, estamos nos sentindo a pior mãe do mundo e, pouco tempo depois, felizes com o ótimo trabalho que fizemos naquela papinha, com aquela rotina de sono ou na hora da lição.

Temos dificuldades externas e conflitos internos. Fazemos decisões difíceis e, às vezes, erradas. Muitas vezes “cansamos” de ser mãe, queríamos um momento de folga.

Mas temos alegrias que poucas pessoas conseguem experimentar e entender. Ver o bebê dormindo enche nosso coração de paz. Duas sílabas balbuciadas pela primeira vez arrancam um sorriso do nosso rosto. Um beijinho babado e um carinho que às vezes puxa nosso cabelo fazem qualquer dia terminar bem!

A beleza da maternidade está em saber viver com as luzes e com as sombras! Pois, como no pôr-do-sol, é a união das duas coisas que torna tudo mais bonito.

No fim, a maternidade é como o pôr-do-sol, mas com a vantagem de que a luz nunca se vai e beleza fica à disposição de quem quiser contemplá-lo.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados