Para Mães e Pais

Meus 9 desejos para você, mãe, em 2017

16 de janeiro de 2017

Que você durma sem ter hora para acordar, que você tome banho durante o tempo que precisar, que você faça xixi sem ninguém te olhando, que o seu celular não tenha marca de dedinhos engordurados, que você consiga se arrumar com calma antes de um compromisso social… Muitos são meus desejos para o ano que já começou, mas tem alguns que quero destacar, antes tarde do que nunca.

Que você pare, de uma vez por todas, de se comparar com outras mães e mulheres

Quando você gasta tempo se comparando com alguém, você perde a oportunidade de viver todo o seu potencial. Cada um tem qualidades que são únicas. Só você pode ser você. Só eu posso ser eu. E cabe a cada uma de nós aprender qual é o nosso melhor e buscar isso. Quando tentamos ser os outros, roubamos a nós mesmas e também aos nossos filhos, amigos e familiares – que perdem a oportunidade de terem a melhor mãe, melhor esposa, melhor amiga.

Que você mude o que te desagrada

Está se sentindo gorda? Magra? Com cabelo feio? Muito caseira? Não importa o que está te desagradando, só você tem o poder de mudar. Fazer mais exercício, comer melhor, cortar o cabelo, sair com os amigos… Tudo isso está ao seu alcance. Então não se conforme com o que te faz mal: mude! E isso também vale para a maternidade. Está sentindo que poderia ser uma mãe melhor em alguma área, então faça as mudanças necessárias para isso.

Que você mantenha sua cabeça aberta

Isso vale para a vida: mantenha sempre a mente aberta para aceitar mudanças. Leia, estude, converse, se informe e, se alguma coisa que você faz parece estar errada, esteja disposta a mudar. Sabe aquele papo de “eu comi e não morri”? É mais ou menos nessa linha. A gente viveu a nossa infância de uma forma e, hoje, sabe-se que muita coisa não era bacana. Esteja com a mente sempre aberta para aceitar e fazer as mudanças necessárias para seus filhos.

Que você seja mais “paz e amor”

A maternidade nos traz muita cobrança por causa das comparações e críticas excessivas de muitas pessoas (além da nossa constante autocrítica). Por isso, estamos sempre com pedras na mão para jogar em quem vier fazer qualquer pergunta inocente sobre nós e nossos filhos. Que em 2017, você seja mais “paz e amor”, entenda que algumas pessoas só querem saber e aprenda a ignorar os que são maldosos mesmo. Como li esses dias na internet: as pessoas boas merecem nosso amor; as pessoas ruins precisam dele.

Que você encontre os cinco minutos só seu

Toda mãe merece um tempo só seu (e mais de cinco minutos). Seja a manicure semanal, seja a academia três vezes por semana, seja assistir àquele programa favorito sem nenhum filho interrompendo. Que nesse ano, você viva o seu tempo, sem culpa nem recriminação. Você merece, precisa e seus filhos vão agradecer por ter uma mãe mais feliz.

Que você se culpe menos

Mãe é um bicho estranho demais. Quem se sentiria culpado por querer ir para a academia três vezes por semana sem as crianças? Só as mães mesmo! Em 2017, se livre dessa culpa de uma vez por toda. Todo mundo erra. Todo mundo grita. Todo mundo coloca os pés pelas mãos. Todo mundo tem direito de errar. Peça perdão, reconheça seu erro e mude. Simples assim. Nessa equação, não tem espaço para a culpa.

Que os processos com seus filhos sejam bem-sucedidos

Vai tirar a fralda? A chupeta? Começar a introdução alimentar? Começar na escola? Não importa a fase em que seu filho esteja, meu desejo é que seja tranquila, sem estresse, rápida, sem noites em claro, sem vazamentos no sofá da sala, sem intolerâncias, sem chororô. Desejo, do fundo do meu coração.

Que você tenha alguém para falar abertamente sobre maternidade

Uma grande amiga, uma parente ou mesmo alguém na internet. Que você possa falar abertamente sobre todas as suas crises maternas, sem julgamento, sem crítica e sem culpa. Que você encontre ajuda mútua e mãos estendidas em vez de dedos apontados.

Que você seja feliz e grata pelas pequenas coisas

Que você cante e dance cada uma das 42 vezes que você assistir a Frozen esse ano. Ou que torça pelo Relâmpago McQueen em cada super corrida que acontecer na sua casa. Que você curta o cheiro da grama da pracinha na hora de levar as crianças para andar de bicicleta. Que você não se incomode com a areia nos seus dedos enquanto faz um super castelo. Que você se divirta inventando receitas ou decorando os pratos para seus filhos. Que as histórias e canções na hora de dormir sejam relaxantes. Que os banhos sejam prazerosos. Que você lembre que a felicidade está em cada refeição, cada brincadeira, cada abraço, cada sorriso, cada carinho.

Feliz 2017

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Comentários

    1. Melina disse:

      Obrigada, Michele!!

  1. Magda Loiola disse:

    Poxa Melina,
    Que texto lindo! Estava na maior deprê, me sentindo uma mãe fracassada. Me cobro muito. Tenho um filho de 2anos e outro de 8 meses. Já viu a correria, principalmente porque passo o dia fora de casa. Seu texto me deixou mais tranquila. Achei o seu blog por acaso. Mas, na hora certa. Parabéns! E obrigada por desejar coisas boas as todas as mamães.

    1. Melina disse:

      Querida, todos nós temos esses dias, né? Esse sentimento de a “mãe fracassada” é tão tão tão comum… Mas nesses dias ruins se lembre que você é melhor mãe do mundo para seus filhos e que você está fazendo um ótimo trabalho!! :)
      Beijo grande para você e um abraço cheio de carinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 8 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados