fbpx
Lá em Casa

“Não 2” – A retratação

14 de março de 2010

O post que escrevi sobre a birra das crianças  teve uma grande repercussão off-line. Segundo os comentários, eu dei a entender que as crianças têm desculpa para a birra e não devemos brigar com elas!

Não, essa não é a minha opinião!

Sei que muitas vezes, as crianças apenas batem o pé para aquilo que querem ou não querem e cabe a nós dizermos os “não”. A ausência do nosso posicionamento como pais, nesses momentos de birra, pode levar à criação de pequenos ditadores que mandam e desmandam.

Mais ainda, que se tornarão adultos com problemas sérios de relacionamento e vivência social. Afinal, o mundo em que nossos filhos viverão não dirá sempre “sim” a eles. Dizer “não” é amar e preparar para a vida!

A Bíblia diz que o pai corrige o filho que ama e se não corrigirmos os nossos filhos ainda na primeira infância, depois pode ser tarde demais. Amar é corrigir!

Volto, entretanto, a lembrar que muitas vezes, é possível prevenir e evitar que os ataques de birra aconteçam. Muitas vezes, nossos filhos estão dando sinais de que estão cansados e ficando nervosos e, ao ignorarmos isso, estamos montando o cenário perfeito para a chegada da cena tão temida!

Precisamos aprender a compreender nossos filhos e buscar o equilíbrio entre o lado firme e o lado suave do amor. Isso é fundamental! Difícil, mas fundamental!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 11 anos, e Ana Júlia, 6 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2020 - Todos os direitos reservados