Para Mães e Pais após o parto

Nem toda mãe gosta de amamentar em público

1 de fevereiro de 2017

Minha sócia está viajando e, lá no aeroporto de Seattle (EUA), encontrou uma cabine voltada para as mães amamentarem – e também para tirar leite. É claro que ela me mandou uma foto e eu, obviamente, joguei nas redes sociais para saber a opinião da galera. E devo dizer que fiquei muito surpresa por ler mais comentários positivos do que negativos. A gente fala muito sobre o direito de amamentar e muitas vezes esquece que existe mãe que não gosta de amamentar em público!

Não gosta de amamentar

A verdade é que nem toda as mães gostam de amamentar em público. Eu sou uma delas! Nunca gostei de amamentar em frente a outras pessoas.

Claro que bombear leite ou fazer a ordenha manual não é algo que fazemos em público, mas amamentar não tem lugar certo ou errado. As mulheres podem dar de mamar aos seus filhos onde elas quiserem, em locais públicos ou não, sendo um direito garantido por lei. Lembrem-se: amamentar não é um ato sexual.

Mas voltando ao ponto central deste post: nem toda mãe gosta de amamentar em público, e tudo bem! Eu sempre preferi ir para lugares privados, como espaços família dos shoppings. Na falta de opção, amamentava onde fosse preciso, usando um paninho ou uma roupa mais discreta, pois assim EU me sentia melhor.

Não acho errado quem amamenta em público, de maneira nenhuma. Mas também não acho errado não querer amamentar em público. E foi por isso que achei a ideia da cabine no aeroporto uma boa ideia. Olhando de fora, achei meio claustrofóbica, eu confesso. Se por dentro, entretanto, for um ambiente bacana, pode ser uma super ajuda e eu, com certeza, usaria! O importante é a mulher ter a opção, a cabine não pode ser obrigatória, constrangendo aquelas que preferem amamentar em público.

Outras vantagens. Não é só para quem não gosta de amamentar.

Os pessoal que comentou lá no post, levantou ainda outras situações que tornam a “cabine” ainda mais atrativa:

– Crianças maiores ficam tirando o seio da boca durante a amamentação, pois gostam de brincar. Algumas mulheres se sentem constrangidas.

– Bebês maiores também se distraem muito fácil com o barulho e a movimentação, atrapalhando a amamentação.

– O espaço reservado ajuda a criança a mamar e dormir. E num aeroporto, na iminência de uma viagem, isso é perfeito.

Enfim, assim como eu acho que a tal da cabine não deve ser uma imposição, mas sim uma opção extra; amamentar em público também não deve ser uma imposição. Amamentar em público é um direito, mas nem todas as mulheres se sentem confortáveis e ninguém deve ser obrigada a curtir.

Está tudo bem se você gosta de amamentar em público e está tudo bem se você não gosta. O importante é seu filho estar bem alimentado e você, feliz!

 

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Comentários

  1. Raquel disse:

    Eu usaria! Não gosto de amamentar em público, fico desconfortável com a situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados