Viagens e Passeios Parque da Mônica

Nossa visita ao Parque da Mônica

19 de julho de 2016

Quando a minha amiga Andréa Werner falou que viria para o Brasil para lançar o seu livro Lagarta Vira Pupa, eu decidi que a encontraria no evento de lançamento em São Paulo. Papo vai, papo vem, planejamentos são feitos, ideias são trocadas com o marido e decidi que aproveitaria para levar a Manuela ao Parque da Mônica (www.parquedamonica.com.br. Já que ela me pediu pelo menos uma vez por mês no último ano. Era a Disney, o Parque da Mônica, o Rio Quente Resorts e o Beach Park – desses 50% já foram rs.

Então, organizamos nossa agenda e partimos de férias para São Paulo. Ficamos três dias em um hotel delicioso em São Roque e depois fomos para a capital, onde ficamos hospedadas perto do Parque da Mônica no incrível Blue Tree Verbo Divino – a cerca de 10km.

parque da mônica

Chegamos ao parque um pouco antes da abertura (que no dia era as 11h) e as meninas estavam MUITO animadas! Nós procuramos ir aos brinquedos por ordem de proximidade para facilitar o passeio e foi muito gostoso.

Parque da Mônica

São várias atrações estáticas (cenários), brinquedos tradicionais e áreas temáticas, como parquinhos – ao todo são 20 atrações. Essa últimas – áreas estilo parquinho – foram a cereja do bolo para mim. Isso porque elas têm um tempo fixo (10 ou 15 minutos) e as crianças ficam livres para explorar, criar, se divertir do jeito delas! Tanto a Manuela quanto a Ana Júlia curtiram muito mesmo.

Parque da Mônica

Muita gente me perguntou lá nas redes sociais se a Ana Júlia estava conseguindo brincar por conta da idade. Na verdade, a restrição é feita por altura e não idade. Como ela tem 90cm (cravados), ela pode ir em todos os brinquedos acompanhada (exceto a Escalada do Piteco). Também existem brinquedos para crianças a partir de 0,70cm. Então, vale a pena medir o pequeno antes de ir.

Parque da Mônica

O horário de funcionamento quando fomos era especial de férias: das 11h às 18h. Mas você pode conferir o calendário e programar a sua viagem com base nele.

Sobre os ingressos, você pode ver o preço na tabela abaixo (de julho de 2016). Pessoas com deficiência não pagam (basta retirar o ingresso na bilheteria), crianças abaixo de 2 anos também não pagam (apresentar documento). A meia-entrada é para crianças de 2 a 12 anos, idosos, professores e um acompanhante da pessoa com deficiência.

Parque da Mônica

Para comer, lá no parque há um McDonald’s, barraca de doces, sorvetes e frutas e um food truck com saladas, massas e sanduíches. Você pode sair do parque para comer no shopping, se preferir, e depois retornar.

Parque da Mônica

Ao longo do dia, você pode encontrar os personagens – Manuela tirou foto com a Mônica e o Cebolinha, que brincou que ia roubar a Dalila dela – e também assistir ao show. No geral, achei o parque muito bonito, bem organizado, com cenografia impecável, semelhante ao que vi na Disney. Por outro lado, vi muita gente da equipe mau humorada e grosseira, infelizmente.

Parque da Mônica

Em resumo: gostamos muito! Ana Júlia foi em sua primeira montanha-russa (ficou com medo e pediu para sair no final), amamos o Horassic Park – brinquedo tipo montanha-russa de água – e a Manuela realizou um sonho.

Serviço Parque da Mônica

O Parque da Mônica fica localizado no Shopping SP Market, em São Paulo. Mais informações www.parquedamonica.com.br.

*O passeio foi cortesia do Parque da Mônica

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Comentários

  1. Bianca Pessoa disse:

    Qtos anos a Manoela tinha qdo vcs foram?

    Beijos

    1. Melina disse:

      Ela estava com 7 anos! :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + quatro =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados