fbpx
Lá em Casa

O primeiro giz de cera e a eterna culpa materna

10 de março de 2010

giz de ceraLi uma vez (naquele livro Eu era uma ótima mãe até ter filhos), uma mãe contando com vergonha que o filho comeu sete gizes de cera enquanto ela fritava a carne para o jantar. Ri muito pela situação!

Hoje, estava trabalhando no computador, enquanto a Manuela (um ano e 3 meses) brincava, logo ela veio “correndo/ engatinhando” para me dar um livrinho para eu ler. Só estranhei o fato de ela estar mastigando alguma coisa… alguma coisa verde… sim, era um giz de cera!

Ela estava bem feliz e eu me diverti muito com a situação. Ok, seu filho comeu um giz de cera! Isto te faz uma péssima mãe? Viva a Faber-Castell que faz giz atóxico e viva a curiosidade do seu filho.

Pode parecer um péssimo comentário, mas é que eu aprendi (pelo menos, tenho aprendido) a não me culpar por tudo que acontece nessa vida. Eu já falei aqui do gene de culpa que a maternidade traz a todas as mulheres, mas quer saber? Não quero isso comigo… Já basta as coisas de que eu realmente tenho culpa!

Não vou me culpar porque trabalho e ela está na escola…
Não vou me culpar se de vez em quando coloco ela na cama mais cedo para eu poder fazer o jantar com calma…
Não vou me culpar porque deixo ela na minha mãe para ir à manicure…
Não vou me culpar e ponto!

Bem…Sabe? Depois de reler esse post, estou me sentindo meio culpada. Acho que um pouquinho de culpa não faz mal a ninguém, né?

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 11 anos, e Ana Júlia, 6 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2020 - Todos os direitos reservados