Para Mães e Pais o que levar na bolsa do bebê

O que carregar na bolsa do dia a dia com o bebê

18 de fevereiro de 2016

Qualquer programação com bebê pequeno é imprevisível. Você nunca sabe quando ele vai dormir, acordar, querer mamar ou mesmo fazer um DAQUELES cocôs que precisa ir para o banho, certo? Por isso, a gente acaba sempre levando uma mudança a cada passeio. Mas o que levar na bolsa do bebê?

Se você é mãe de primeira viagem, pode ser que fique tentada a levar todas as coisas de casa. Mas, se quiser minha opinião, seguem alguns itens que você vai precisar para passear com o bebê pequenos (de 0 a 6 meses) em uma saída de, no máximo, cinco horas.

o que levar na bolsa do bebê

– 5 fraldas descartáveis. Já é uma quantidade com margem de segurança!

– Lenço umedecido para a troca de fraldas.

– Pomada para assadura. 

– Dois paninhos de boca (aqueles menores) e duas fraldas de pano (daquelas maiores).

– Brinquedinho, mordedor, chocalho ou qualquer outro objeto de distração do bebê.

– 2 pares de absorvente de seios descartáveis, se o bebê estiver mamando no seio. Provavelmente você só vai usar um par, mas é bom ter uma reserva para emergências.

– Um cueiro (se estiver mais calor) ou uma manta (se estiver mais frio).

– Trocador portátil. A maior parte das bolsas já vem com trocador, mas caso você não tenha, vale a pena investir em um. Eles são impermeáveis e levemente acolchoados.

– Chupetas. Se o bebê usar chupetas, leve uma, mas sempre tenha uma reserva dentro da bolsa.

– Mamadeira e leite em pó, se o bebê não estiver mais mamando no seio. Leve o leite em pó em um compartimento próprio e leve a água filtrada e fervida dentro da mamadeira, em um porta-mamadeira térmico ou um compartimento térmico da própria bolsa (ali embaixo eu falo de um modelo que tem essa opção). Isso vai facilitar na hora de preparar. Se você for em um lugar familiar ou equipado com micro-ondas para esquentar a água na hora, não precisa se preocupar.

– Trocas de roupa: Uma troca de roupa igual a que o bebê está vestindo (se o bebê estiver com roupa de calor, leve mais uma troca de calor. Se ele estiver com roupa de frio, leve mais uma troca de frio); uma troca de roupa para temperaturas mais baixas e uma troca de roupa para temperaturas mais altas. Um casaco, muitas vezes, já resolve no caso de esfriar. Por exemplo: se a minha bebê estiver com um body de manga curta e uma calça, eu vou levar: um body de manga curta + uma calça, um body regata ou manga curta mais fino + um shorts ou tapa fralda, um body de manga comprida + uma calça, um casaco e um par de meias. Gente, às vezes, o cocô pode sujar até a meia, rs. Então, leve um par extra.

– Bolsa espaçosa e fácil de carregar. O que vai facilitar muito esse passeio é ter uma boa bolsa para o dia a dia. As melhores bolsas para passear com o bebê são amplas e têm bolsos internos e externos de fácil acesso. Além disso, têm alça de mão e alças de ombro largas e ajustáveis, que não machucam. Os bolsos internos irão ajudar a separar fraldas, pacote de lenço umedecido e pomada para assadura. Os bolsos externos para mamadeira ou copo facilitam o transporte de água ou outra bebida. Os compartimentos externos com zíper ou botão ajudam na organização de itens aos quais precisamos de fácil acesso: chaves, celular e outros.

Eu sou apaixonada pela linha da Masterbag porque além de serem lindas, são extremamente úteis. Tive a bolsa modelo Nice logo que a Ana Júlia nasceu e usei bastante. Além do trocador, alguns modelos de bolsas para o dia a dia vêm com porta chupeta. Quem tem bebê que usa o acessório, sabe com o é importante ter um sempre à mão. A bolsa é forrada e impermeável por dentro, o que garante que seja fácil de limpar. As bolsas modelo Anne (também da Masterbag) contam com bolso lateral térmico para transporte de mamadeiras.

o que levar na bolsa do bebê

Pouco depois de a Ana Júlia completar um ano, ganhei uma mochila Masterbag do modelo Parlermo, que virou minha xodó. Ela é muito, muito espaçosa. Dentro, ela tem dois bolsos de plástico de um lado e dois bolsos tipo redinha do outro. Também é impermeável por dentro, vem com trocador e os bolsos laterais são ótimos. Além desse modelo, eles também têm a mochila modelo Marselhe, que acompanha necessaire e tem um bolso térmico próprio para mamadeira e com fecho de zíper.

o que levar na bolsa do bebê

Como já comentei naquele post sobre a mala de maternidade, outra vantagem que vejo na Masterbag são as opções de estampa. Você pode escolher pelos modelos lindos com temática infantil ou entre as opções que não têm a menor “cara de maternidade”. Olha que MA-RA-VI-LHO-SAS essas bolsas da coleção Urban!

o que levar na bolsa do bebê

o que levar na bolsa do bebê

Se você curtiu, pode comprar os produto Masterbag no site Minibird.

Este conteúdo recebeu incentivo da Masterbag Baby. Para conhecer a nossa política de transparência sobre publiposts, acesse aqui.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados