Para Mães e Pais

Qual é o problema com o miojo?

4 de maio de 2015

Já li várias vezes no Instagram que, cada vez que uma criança come miojo, uma fada morre! Infelizmente, aqui em casa, somos responsáveis por um verdadeiro genocídio. Amamos miojo! Eu sei que não é um alimento saudável e, por isso, ele está na lista das restrições. É como McDonalds, só de vez em quando. Mas, afinal, qual é o problema com o miojo e outros alimentos industrializados?

A nutróloga do Hospital Villa-Lobos, Juciara Jardim, explica que o macarrão instantâneo, assim como outros alimentos industrializados, são ricos em substâncias como corantes, aromatizantes, conservantes, espessantes, acidulantes, gorduras trans (vegetal ou hidrogenada), ciclamato sódico, entre outras, que podem levar ao desenvolvimento de alergias, doenças cardíacas e até mesmo câncer. “Além disso, o baixo teor nutricional pode levar à desnutrição e diminuição da imunidade, fazendo com que a pessoa fique mais suscetível às doenças”, explica.

Mas a médica esclarece que os alimentos não precisam ser eliminados da dieta: moderação é a palavra-chave. Uma pessoa com hábitos alimentares saudáveis, que dá preferência às dietas caseiras, sucos naturais e ingere de dois a três tipos de frutas diariamente, entre outras atitudes, não será prejudicada se ingerir um pedaço de pizza congelada, por exemplo, a cada 15 dias, explica.

“Devemos criar o hábito de olhar o rótulo dos alimentos e selecionar melhor os nutrientes que colocamos na mesa da nossa casa. Quanto mais natural for o preparo dos alimentos, melhor será a qualidade e valor nutricional da dieta”, ensina Juciara.

A especialista listou alguns alimentos industrializados que não devem fazer parte da rotina alimentar e explica por quê:

Macarrão instantâneo.

Para que ele fique pronto rápido, a massa é frita durante o processo de fabricação, o que faz do macarrão instantâneo ser um alimento muito gorduroso. Sem contar o seu “pacotinho de tempero”, que contém grande quantidade de sódio.

Suco de caixinha.

Tem apenas o néctar da fruta e uma quantidade enorme de corantes, aromatizantes e conservantes.

Biscoitos.

possuem altos níveis de açúcar e gordura trans, especialmente os recheados.

Pizza congelada.

Grande quantidade de sódio e gordura.

Refrigerante.

Grande quantidade de açúcar, corantes e conservantes. Os adoçantes das versões diet e zero são tão prejudiciais quanto os com açúcar.

Sorvete.

A grande maioria das versões presentes nos supermercados é feita de gorduras trans.

Nuggets.

Grande quantidade de gordura e glutamato monossódico, além de ser geralmente preparado na gordura (fritura).

Salgadinhos de batata ou de milho.

No processo de fabricação são fritos e o aumento excessivo da temperatura quebra todo o valor nutricional da batata e do milho. Assim, ingerimos apenas gorduras, sódio e conservantes.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Comentários

  1. E disse:

    xzxdgdgdfh ruim demais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados