Sem categoria

Sobre café frio, maternidade e resiliência

20 de setembro de 2017

A gente brinca bastante (e muitas vezes é verdade) que ser mãe é tomar café frio.

A correria do dia a dia nos envolve de tal maneira que, às vezes, é 11h da manhã e a gente ainda não conseguiu escovar os dentes. Quantas vezes fazemos nosso prato de comida e só comemos quando já está frio, de pé, com uma mão só?

Ninguém disse que seria fácil e talvez você tenha se surpreendido que a maternidade é mais difícil do que você pensava. Mas uma coisa é certa: resiliência é algo que todos podemos desenvolver.

Resiliência é a capacidade de usar as adversidades para se fortalecer. Ou seja, encontrar e criar caminhos para tornar as dificuldades mais fáceis.

Vamos pensar em alternativas para a birra, como melhorar a rotina para a criança dormir melhor, o que fazer para deixar a comida mais atraente, como aproveitar a tecnologia para ajudar nas tarefas do dia a dia; vamos encontrar motivos para agradecer mesmo em meio às dificuldades. Pode parecer clichê, mas é verdade: se tem um filho chorando em casa é porque não tem filho chorando no hospital!

Se a gente não aprender a ser resiliente, cada dia vai ser mais e mais difícil até a hora que vamos desistir ou viver a vida sempre reclamando e tornando o dia a dia de quem está ao nosso redor insuportável!

Sabe aquela pessoa que só tem coisa ruim para falar da vida? Tudo é difícil, tudo é ruim, tudo é luta, 100% do tempo. Ninguém aguenta estar com essa pessoa por muito tempo. Porque além de ela deixar todo mundo “pra baixo”, em geral, ela não se deixa ser ajudada – ela não consegue ver nada de bom nunca. Não vamos ser essas pessoas. Nossa família não merece. A gente não merece.

Resiliência é mais do que simplesmente ver o copo meio cheio; é aprender a ser feliz mesmo com o copo cheio ou vazio! E se o café sempre esfria, compre uma caneca térmica (:

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =

Comentários do Facebook

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 8 anos, e Ana Júlia, 3 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados