Lá em Casa mudar

Um dia para mudar

4 de Janeiro de 2018

Dia 31 de dezembro é só mais um dia e mais uma das 365 oportunidades anuais que temos de mudar.

Mas não podemos negar que a virada do ano, a mudança de um ciclo tão importante do calendário, nos leva a refletir e a fazer uma autoanálise.

Em vez de ficar só se lamentando pelas coisas ruins que passaram, aquilo que você prometeu e não cumpriu ou as falhas pessoais que você não deu conta de mudar, olhe para a oportunidade de fazer diferente.

Olhe para trás, sim. Encontre os erros, sim. Mas liste o que você pode fazer para ser diferente a partir de agora.

E liste mesmo! Escreva. Assim ficará mais fácil visualizar suas metas, pensar em estratégias e relembrar quando as coisas estiverem fora do rumo que você definiu.

Isso não é uma fórmula do sucesso. Talvez no final de 2018, você ainda não tenha conseguido alcançar aquele nível de paciência que queria ter com as crianças, não tenha conseguido organizar 100% sua rotina e seus afazeres, ainda tenha dificuldades para priorizar o que realmente é prioridade… Mas com certeza estará mais perto de tudo isso!

Estamos sempre crescendo e buscando melhorar – pelos outros, mas também por nós mesmos.

Se desistirmos disso, estaremos perdendo. E mais, o mundo irá perder. Porque existe uma parcela de influência que é só sua. E é só desenvolvendo todo seu potencial e sendo quem você pode ser, que seu propósito nessa geração será cumprido 100%.

Não desista de melhorar, de mudar, de ser tudo o que você pode ser. O mundo agradece!

“É claro, irmãos, que eu não penso que já consegui isso. Porém uma coisa eu faço: esqueço aquilo que fica para trás e avanço para o que está na minha frente.”
‭‭Filipenses‬ ‭3:13‬ ‭

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 8 anos, e Ana Júlia, 3 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados