Lá em Casa

Viagem sem criança (Parte 2) – “Mamãe foi embora”

14 de março de 2011

Eu tentei explicar para a Manuela, da melhor forma possível, que eu ia viajar. Expliquei que ia ficar vários dias longe e que ela ia ficar na casa da vovó (porque para ajudar, meu marido viajou na mesma semana a trabalho). Levei ela para escola antes de ir para o aeroporto e falei que a tia ia buscá-la e que eu não ia estar em casa de noite, mas que eu voltaria logo.

Não adiantou!

A Manuela ficou triste, brava comigo, não queria me atender quando eu ligava para ela. Foram 16 dias longe, mas logo na primeira semana de viagem já ficou claro que ela não estava feliz com a situação. Em uma das vezes que tentei falar com ela, minha irmã colocou o telefone no viva-voz e disse para ela conversar comigo. Ela respondeu: “Não quero, estou pintando”.

A princípio, parece que ela apenas estava distraída, mas a verdade é que ela estava magoada. Ela disse para a tia da escola que “a mamãe foi embora” e todos se mobilizaram para explicar que a mamãe estava viajando, mas que ia voltar!

No dia da volta, minha mãe foi me buscar no aeroporto com a Manuela. Quando ela disse que estavam indo encontrar a mamãe, a Manuela perguntou: “Mamãe não foi embora?”. Que dó, não?? Felizmente, quando cheguei, ela veio correndo me abraçar. Eu trouxe chocolates e presentes e conquistei de volta o amor da pequena.

Faz cinco dias que voltei, mas ainda não conseguimos matar completamente a saudades… resultado, a Manuela fica grudada em mim até quando estou usando o banheiro. “Mamãe, abre a porta. Quero ver você tomar banho”. Claro que eu abro, né?

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 12 =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados