Lá em Casa

Vitamina C de verdade

26 de junho de 2015

Entre os muitos press kits que chegam às redações e mães blogueiras, um em especial causou comoção nas redes sociais: o da Bayer para divulgar o Redoxitos – Vitamina C em forma de gominha indicada para crianças a partir de 4 anos. Foram alguns diferentes, aqui em casa chegou um mini pallet de feira com frutinhas de mentirinha junto com amostras do produto. Eu divulguei, muitas mães divulgaram.

Pouco tempo depois o movimento Infância Livre de Consumismo (que é um movimento que eu acho muito bacana, super válido e legítimo) passou a criticar a ação de marketing promovida pela Bayer. Essencialmente a crítica era por ser publicidade de medicamento voltada ao público infantil (com vários desdobramentos – novamente, afirmo, todos legítimos). Nisso, a ação perdeu um pouco o rumo, na minha opinião, e passou a expor as mães que postaram a foto do press kit, chamando-as – claramente ou indiretamente – de alienadas, manipuladas ou pessoas que estão expondo seus filhos à uma situação negativa.

Escrevo este texto por um motivo: esclarecer você que me segue e gosta de mim o motivo pelo qual publiquei o press kit e faria novamente.

– Os que não gostam de mim não precisam ler este texto.
– Os que discordam de mim não precisam ler este texto.
– Os que pararam de me seguir imediatamente após a postagem não precisam ler este texto.
– Quem me segue e gosta de mim e não ligou para a postagem não precisa ler este texto.
– Quem me segue, gosta de mim, mas ficou desconfortável quando viu o press kit do Redoxitos no meu instagram precisa ler este texto.

Você ficou desconfortável porque…

… era um press kit. Recebo muitos press kits e publico como forma de agradecer a empresa, mas somente quando são produtos que eu acho que fazem sentido para o meu público. Tanto que procuro sempre explicar os benefícios que eu vejo naquilo (o que eu vejo e não o que a empresa manda no release). Sinto muito, mas os press kits vão continuar sendo divulgados, assim como são divulgados produtos que eu mesma compro, gosto e indico.

… era de uma empresa farmacêutica. Eu sei que a Bayer não está nem aí para a saúde de ninguém. Quer mesmo é vender produtos. Mas todas as empresas são assim. Até as que a gente acha super bacanas, que têm uma proposta super fantástica, elas focam no que vai fazer as pessoas felizes desde que elas comprem mais por isso.

… era relacionado à saúde. Saúde é coisa séria (e, sim, remédio não é bala). E quem me segue sabe que considero algo muito importante. Todas as informações relacionadas à saúde no meu Instagram ou blog contam com respaldo de especialista. TODAS. Com a gominha, não foi diferente. Além de eu ter colocado o básico “consulte o seu pediatra”, eu fiz questão de conversar com uma nutricionista para entender se há algum risco de a criança tomar a gominha diariamente mesmo que coma a quantidade necessária de frutas. E ela me explicou que a vitamina C é hidrossolúvel e o excesso seria eliminado na urina. E foi a mesma coisa que o meu pediatra falou. Eu confio nestes profissionais. Tanto que dei para minha filha, mas por isso a indicação de você conversar com o seu, naquele que você confia. E não esqueçam que eu já divulguei outros produtos relacionados à saúde antes: Tylenol, Alivium, Camomilina, Sorine, Trofodermin… Não vejo por que não indicar algo sobre o qual você possa perguntar ao seu médico.

… é um produto que tira o foco da alimentação infantil de qualidade. Fato. Mas, mais uma vez, busquei deixar isto bem claro no post, afirmando que melhor é, obviamente, comer frutas e legumes e consumir a vitamina C destes alimentos. Entretanto não podemos esquecer que há pais e mães que sofrem com filhos que não comem bem. Se eu fosse um deles, ficaria muito feliz em saber que existe este produto e que outras pessoas experimentaram e aprovaram. Em suma, esse é o princípio das publicações do blog: podem interessar ao público? Se sim, vale a publicação.

… aparecia sua filha. A Manuela tem seis anos, é o público do produto, curtiu a vitamina e os brinquedos que vieram com ele. Como digo, eu só divulgo no blog coisas que ofereço para minhas filhas. Não indico para vocês nada que eu vetaria aqui em casa. Por isso, para mim não faz diferença mostrar o produto sem ela ou com ela, tendo em vista que ela com certeza o tomou e eu sempre mostro a sua imagem nas minhas redes sociais.

… um movimento bacana como o Milc falou mal com bons argumentos. Sempre haverá quem discorde da gente. Em tudo! Nós, mães, podemos dizer isso claramente. E toda discussão é válida, pois promove revisão de conceitos. Quando vi a repercussão negativa do press kit, a primeira coisa que fiz (ok, talvez a segunda, rs) foi pensar a minha atitude e ver se eu errei, o que eu poderia ter feito de diferente ou o que eu devo mudar na próxima. Pessoas inteligentes estão sempre mudando de opinião. Nesse caso, por todos os aspectos que citei acima, não acho que eu errei. Concordo com vários pontos do movimento Infância Livre de Consumismo, não só nesta questão, mas em outras também, e vou continuar apoiando as ações que eles fizerem e me parecerem legítimas. E você também tem o direito de concordar deles e discordar de mim e vice-versa, ou de concordar com os dois! Isso se chama democracia.

… você tirou a foto depois. Verdade! Ainda não tenho certeza se foi uma boa decisão. Se só tivesse o press kit eu deixaria, mas como as fotos de crianças foram usadas negativamente, achei melhor excluir. Como disse, ainda não sei se foi uma boa escolha, mas já passou.

Se você ainda está incomodado com alguma coisa em relação a isso, fique à vontade para comentar aqui e terei prazer em responder. Não gosto de fazer polêmica sobre polêmica, nem usar assunto da modinha para me promover, mas achei que devia um esclarecimento a vocês que são seguidores bacanas e gostam de mim de verdade, mas não curtiram a publicação por alguma razão.

Beijo grande no coração! Deixo abaixo uma das imagens da melhor parte da campanha do Milc, que infelizmente foi só feita em um segundo momento. Para ver todas, procure por #vitaminaCdeverdade no Instagram. Você vai curtir!

brocolis vitamina c

 

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − sete =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados