Para Mães e Pais amiga sem filhos

5 coisas que aquela sua amiga sem filhos não entende

11 de março de 2016

A maternidade traz, em sua bagagem de mudanças, um filtro de amizades. Depois que o bebê nasce, os nossos relacionamentos sociais são chacoalhados e permanecem aqueles que valem a pena. Um dos grandes problemas é que a sua amiga sem filhos (muitas delas, pelo menos) não entende as adaptações que precisamos fazer em nossas vidas e acham que muitas das nossas privações são frescuras.

Dá uma olhada na lista abaixo e conte se você já enfrentou alguma destas situações:

UMA NOITE NÃO É SÓ UMA NOITE

Você tem um bebê de 5 meses em casa e sua amiga te chama para sair e voltar só de madrugada. Você argumenta que está muito cansada e não vai aguentar ficar horas fora à noite. E ela te responde: “Mas é só uma noite, amanhã você dorme”. Mal sabe ela que dormir não é uma programação que a gente consegue fazer e cumprir quando quer. Quem dita as regras da madrugada não somos nós, é o bebê!

ROTINA NÃO É FRESCURA

Então, sua amiga liga e diz: “estou passando na sua casa para dar um beijo em vocês”. E isso bem na hora do banho do bebê ou na hora de colocar o filho mais velho na cama. Mas se você disser isso, já sabe o que ela vai dizer (ou pensar): “que frescura!” Querida amiga sem filhos, rotina não é frescura. Ela é fundamental para manter a saúde das crianças e a minha sanidade. Por favor, entenda!

PROGRAMAS SEM FILHOS SÃO MAIS COMPLICADOS

“Por que você não deixa as crianças com o pai? Ou com a avó? Contrata uma babá!” Para a amiga sem filhos, é muito fácil arranjar alguém para cuidar do bebê e ela não consegue entender como você não consegue sair sozinha. “Nem mesmo à manicure?”

A GENTE REALMENTE SE DIVERTE COM AS CRIANÇAS

É claro que amamos passear e fazer “programas de adulto”, mas a sua amiga sem filhos não consegue entender o nível de satisfação e alegria que sentimos quando estamos em um momento em família, em que todos estão se divertindo junto. É um outro patamar de felicidade.

QUANDO ELA TIVER FILHOS, ELA VAI SABER

É claro que sua amiga sem filhos não fica contrariada apenas com as mudanças na sua vida social, ela também fica chocada com a ideia de você deixar seus filhos vendo TV ou mexendo no tablet na hora das refeições – ou por não deixá-los ver televisão em nenhum momento. Ou ainda questionam o fato de você não dar açúcar para o bebê – ou por já tê-lo deixado comer doce antes dos dois anos. Enfim, quem ainda não é mãe sempre vai ter algo que não concorde sobre a criação dos nossos filhos. Mas não se preocupe: quando ela tiver filhos, vai saber.

A AMIGA SEM FILHOS,  A EXCEÇÃO

É claro que temos amigas que não têm filhos que são as melhores, não é mesmo? Não apenas entendem – ou se esforçam para entender – todas as mudanças que a maternidade impõe, mas continuam presentes em nossas vidas apesar delas. Pessoas que adaptam as programações para que possamos participar, contam com a presença dos nossos filhos, interagem com eles, entendem quando vamos embora mais cedo e também quando dizemos não. Aceitam a forma de criação que escolhemos e ainda ouvem as nossas lamúrias e angústias sem julgamentos. Eu tenho o privilégio de ter várias nestas categorias. A essas, um “muito obrigada”!

Às outras, um desejo: sejam mães e sintam na pele essas mudanças. Mas fiquem tranquilas, estaremos aqui para oferecer compreensão sem julgamentos.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados