Durante a Gravidez conselhos para grávidas

5 conselhos que eu daria a mim mesma durante a gravidez

27 de novembro de 2015

O ser humano é sempre insatisfeito, né? E nem é só com a grama do vizinho, mas com as nossas próprias expectativas e fases da vida. Por exemplo, a maioria de nós, durante a gravidez, quer que o bebê chegue logo. Mas, depois que nasce, ficamos com saudades da gestação ou querendo que ele cresça e aprenda coisas rápido. E os ciclos continuam! Por isso, olhando para trás, tem cinco conselhos para grávidas que eu daria para mim mesma no início da minha gestação:

5 conselhos para grávidas!

Informe-se e informe-se mais

A cada dia que passa eu vejo coisas diferentes que gostaria de ter feito durante a gravidez, durante o parto, durante os primeiros dias do bebê. Mas, na época, eu me contentei com o que o médico me falou e não busquei saber mais. Um exemplo foi os primeiros momentos após o parto. Eu gostaria que as meninas tivessem saído da barriga e vindo direto para o meu colo, tentar mamar. Mas não aconteceu em nenhuma das vezes!

Resista às tentações

Eu sei que você está morrendo de vontade de comer aquele salgadinho de bacon, mas acredite: ele vai te dar uma azia de matar. Sim, toda vez. Eu comia uma vez, quase morria de azia e, na próxima vez, pensava: “ah, foi só aquele dia”. E sofria igual.

Não aposte todas suas fichas na amamentação

Nem todo mundo emagrece amamentando. Então, esqueça essa história de comer por dois e não fazer exercício físico como se não houvesse amanhã. Eu mesmo não emagreci amamentando nenhuma das vezes. Cuide-se durante a gravidez! Nada de dieta, mas nada de “liberou geral”.

Faça listas

Escreva uma lista do que você vai comprar para o enxoval – uma lista consciente e pensada, sem empolgação nem indução das lojas.  Faça uma lista com as tarefas que precisa fazer até a chegada do bebê. E coloque prazo para tudo! Não deixe nada importante e fundamental para depois dos 7 meses.

Aproveite cada minuto

Nesse quesito, o meu maior arrependimento são as fotos. Sinto muita falta de ter acompanhado mais o crescimento do barrigão. Gostaria muito de ter registrado semana a semana, mas não fiz em nenhuma das gestações. Ou seja, já ter passado por isso não é garantia de acerto! Acho que, na maternidade, nada garante nota 10 em tudo, né?

E-book descomplica a lista de enxoval de bebê

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados