Para Mães e Pais o que é dermatite atópica

O que é dermatite atópica?

25 de fevereiro de 2017

Como já contei aqui no blog, esse ano tive uma experiência super desagradável com a Ana Júlia por conta da evolução de uma crise de dermatite. Foi feio! E como sei que é um problema muito comum entre as crianças, pedi para a dermatopediatra Juliana Loyola Presa explicar o que é dermatite atópica e outros aspectos relacionados ao tema.

Segundo a especialista, a dermatite atópica é uma das doenças de pele mais comuns na infância. “Seus sintomas e manifestações podem interferir nas atividades diárias e na qualidade de vida da criança”, alerta. Por isso, é importante cuidar!

Quais são os sintomas da dermatite atópica?

– Pele seca
– Muita coceira
– Pele constantemente vermelha
– Áreas onde há suor frequente ficam irritadas
– Roupas com etiquetas ou partes mais ásperas irritam a pele e incomodam a criança
– Dificuldade para dormir por conta do incômodo na pele

Quais são as causas da dermatite atópica?

A dermatite atópica acontece por um conjunto de fatores. “Crianças cujos pais tiveram (durante a infância) ou têm dermatite atópica, asma ou rinite são mais propensas a terem a doença. Já foi descoberta uma alteração genética que predispõe ao aparecimento dos sintomas”, explica Dra. Juliana.

Igualmente as mudanças de temperatura e clima são fatores que influenciam. Assim, em dias em que a variação térmica é grande, a pele pode piorar. “Algumas crianças pioram nos dias frios; outras, nos dias quentes por causa do suor. Também é comum observar mais sintomas quando a criança fica doente – resfriada, gripada, com dor de garganta.”

Importante lembrar dos agentes que causam a irritação e que estão presentes no ambiente, como pólen, poeira, e ácaros. Eles são considerados potenciais agravantes dos sintomas. “Sabe-se que até mesmo alterações emocionais podem piorar a evolução da dermatite e dificultar o controle da manifestação.”

Como os fatores que desencadeiam a doença são diversos, torna-se ainda mais importante tratar e controlar os sintomas, para evitar a evolução e o seu agravamento.

Por que a pele fica seca e vermelha?

Muita vezes, a pele seca e vermelha é uma das principais características da criança com dermatite atópica. “Isto acontece pois a nossa pele possui uma camada mais externa, que fica em contato com o meio ambiente, que é composta por células e gordura. É como se fosse uma parede de tijolos. As células da pele são como tijolos e a gordura da pele como o cimento que une estes tijolos. Se não há cimento suficiente ou sua composição está alterada, os tijolos não ficam unidos de forma adequada e a parede fica com ‘buracos’. Assim acontece com a pele da criança com Dermatite Atópica”, exemplifica a especialista.

Com a falta de gordura entre as células e a pele fica desprotegida. Isso favorece o ressecamento e a entrada de substâncias irritantes. Por isto a pele é seca, irritada e com coceira.

Dermatite atópica tem cura?

Infelizmente, não se descobriu ainda uma cura para o problema. Mas há muitas coisas que podemos fazer para ajudar a controlar os sintomas e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida da criança que apresenta a doença.

– Evite usar produtos em contato com a pele que contenham perfumes, corantes ou conservantes. Isto vale para sabonete, shampoo, hidratante. Quando isto não for possível, opte por produtos infantis e com fragrância suave.

– Dê preferencia para os sabonetes líquidos, eles possuem o pH mais próximo do pH da pele (que é ácido). Existem sabonetes específicos, que retiram menos gordura natural da pele.

– Ao lavar as roupas, prefira o sabão de coco e evite o uso de amaciante. Se optar por usar amaciante, enxague a roupa 2 vezes.

– Retire todas as etiquetas das roupas, pois elas acabam estimulando a criança a coçar no local onde encostam com a pele.

– O banho deve ser morno, rápido (5 a 10 minutos) e não se deve usar esponja.

Hidratar, hidratar e hidratar sempre! Esta é a melhor maneira de repor a gordura que falta na pele. Os melhores hidratante são aqueles que não possuem qualquer tipo de fragrância e que são brancos. Existem hidratantes específicos que possuem em sua composição as mesmas gorduras que existem na pele. Eu senti na pele a mudança absurda que o hidratante teve no caso da Ana e também percebi o que sua falta causa. Em uma ocasião específica, fiquei dois dias sem passar e ela já começou a sofrer de coceira nas dobrinhas do braço e começaram a surgir irritações.

Para auxiliar os pais no dia a dia, para que aprendam sobre a doença, existe uma Associação Brasileira de apoio: www.aada.org.br

Dra. Juliana é pediatra com especialização em dermatologia. Você pode ter mais informações sobre cuidados com a pele das crianças pelos seus perfis nas redes sociais:
Instagram: @drajuloyolapresa
Facebook: Dra. Juliana Loyola Presa

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Comentários

  1. cintia disse:

    o que pode ser feito também e dar vitamina de oleo de peixe (omega 3) pros bebes e criancas.. Elas são ricas em gorduras boas e deixam a pele maravilhosa, assim como a dos adultos. Consulte um nutricionista ! o abacate é um alimento rico em gorduras boas tb.

  2. fabiana mendonça disse:

    por favor qual foi o hidratante que vc usou na sua filha que a pele dela melhorou?

    1. Melina disse:

      Lipikar Baume AP da La Roche Posay

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados