Durante a Gravidez

Pequenos (e grandes) luxos que toda mamãe deve ter: almofada de amamentação e cadeira de descanso

12 de setembro de 2010

Nesses quase dois anos de maternidade, vi que muitas coisas facilitam demais as nossas vidas com neném! E a maioria dessas coisas não são essenciais: nós viveríamos sem elas – e nossas mães e avós sobreviveram sem essas tecnologias. Mas já que vivemos nos século XXI, não custa usar o que está à nossa disposição para sermos mais felizes, né?

Almofada de amamentação: isso não é luxo, eu considero ESSENCIAL, mas como ainda não tinha falado dela (acho), resolvi aproveitar o espaço. Para quem não sabe, é uma almofada em formato de U, que as lactantes usam para apoiar o bebê. Ajuda – e muito – no momento da amamentação. E eu, particularmente, continuei usando mesmo depois que a Manuela parou da mamar no seio.

Usei por muito tempo para apoiá-la na hora de dar a mamadeira, para deixá-la deitadinha em diversos momentos e – principalmente – quando ela começou a sentar sozinha. Como às vezes ela ainda caía, eu deixava ela “dentro” da almofada e, assim, ela estava segura se caísse para trás ou para os lados. É ótimo.

Nessa semana mesmo, que ela está gripadinha, eu uso a almofada para elevar um pouco o travesseiro, pois dormir inclinado ajuda o bebê a tossir menos à noite. Então, é um item mil e uma utilidades… E, no meu caso ainda, eu fui bem feliz! Não me lembro por que, mas não comprei junto com o protetor de berço (custava uns R$ 50) e quando fui em uma outra loja com minha mãe, tinha uma almofada liiiiiiiinda, por R$ 25. Foi a que eu comprei.

Ah, uma coisa importante: tem que ter capa removível para pode lavar várias vezes e que possa ir para a máquina porque vai pingar leite, sujar de babas e eventuais vômitos… Não é pessimismo, é a verdade… infelizmente!

bouncerBouncer / Cadeirinha de descanso – Infelizmente, esse luxo eu não tive! Como já falei anteriormente, o bebê conforto que eu não tinha não era confortável de verdade, então, eu só usava para o transporte no carro mesmo. Assim, quando a Manuela estava acordada, ela estava sempre deitada ou no sofá ou na cama ou no colo, etc.

Só que é muito bom poder deixar a criança sentada e levá-la com você para os diferentes cômodos da casa! Se você tem um bebê-conforto realmente confortável, ele serve para essa função. Se não ou se você tem disponibilidade financeira, você pode comprar um bouncer (é claro que os mais legais – e caros – são os da Fisher-Price), que além de dar essa liberdade, ainda distraem o bebê, pois muitos balançam e vêm com brinquedos e adereços.

Tem gente que usa que diz que ajuda o bebê a dormir. Um ponto a mais para o bouncer!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − nove =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados