Durante a Gravidez

Pequenos (e grandes) luxos que toda mamãe deve ter: almofada de amamentação e cadeira de descanso

12 de setembro de 2010

Nesses quase dois anos de maternidade, vi que muitas coisas facilitam demais as nossas vidas com neném! E a maioria dessas coisas não são essenciais: nós viveríamos sem elas – e nossas mães e avós sobreviveram sem essas tecnologias. Mas já que vivemos nos século XXI, não custa usar o que está à nossa disposição para sermos mais felizes, né?

Almofada de amamentação: isso não é luxo, eu considero ESSENCIAL, mas como ainda não tinha falado dela (acho), resolvi aproveitar o espaço. Para quem não sabe, é uma almofada em formato de U, que as lactantes usam para apoiar o bebê. Ajuda – e muito – no momento da amamentação. E eu, particularmente, continuei usando mesmo depois que a Manuela parou da mamar no seio.

Usei por muito tempo para apoiá-la na hora de dar a mamadeira, para deixá-la deitadinha em diversos momentos e – principalmente – quando ela começou a sentar sozinha. Como às vezes ela ainda caía, eu deixava ela “dentro” da almofada e, assim, ela estava segura se caísse para trás ou para os lados. É ótimo.

Nessa semana mesmo, que ela está gripadinha, eu uso a almofada para elevar um pouco o travesseiro, pois dormir inclinado ajuda o bebê a tossir menos à noite. Então, é um item mil e uma utilidades… E, no meu caso ainda, eu fui bem feliz! Não me lembro por que, mas não comprei junto com o protetor de berço (custava uns R$ 50) e quando fui em uma outra loja com minha mãe, tinha uma almofada liiiiiiiinda, por R$ 25. Foi a que eu comprei.

Ah, uma coisa importante: tem que ter capa removível para pode lavar várias vezes e que possa ir para a máquina porque vai pingar leite, sujar de babas e eventuais vômitos… Não é pessimismo, é a verdade… infelizmente!

bouncerBouncer / Cadeirinha de descanso – Infelizmente, esse luxo eu não tive! Como já falei anteriormente, o bebê conforto que eu não tinha não era confortável de verdade, então, eu só usava para o transporte no carro mesmo. Assim, quando a Manuela estava acordada, ela estava sempre deitada ou no sofá ou na cama ou no colo, etc.

Só que é muito bom poder deixar a criança sentada e levá-la com você para os diferentes cômodos da casa! Se você tem um bebê-conforto realmente confortável, ele serve para essa função. Se não ou se você tem disponibilidade financeira, você pode comprar um bouncer (é claro que os mais legais – e caros – são os da Fisher-Price), que além de dar essa liberdade, ainda distraem o bebê, pois muitos balançam e vêm com brinquedos e adereços.

Tem gente que usa que diz que ajuda o bebê a dormir. Um ponto a mais para o bouncer!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados