Sobre Filhos Precisa ou vale a pena comprar móbile para o bebê

Precisa ou vale a pena comprar móbile para o bebê?

11 de setembro de 2014

Móbile é um item de enxoval opcional, não precisa, mas acho que vale a pena comprar móbile para o bebê. Ninguém vai passar necessidade se não tiver um, mas é algo bastante útil.

Aqui em casa, ele já promoveu vários momentos de risadas para a Ana Júlia e de desespero para mim: perdi as contas de quantas vezes fui cobri-la ou colocar no berço dormindo e bati no móbile que começou a fazer barulho!!!

Vale a pena comprar móbile de berço?

Enfim, se você puder, seguem algumas razões pelas quais eu acho que vale a pena comprar móbile de berço:

Estimula a visão, audição e movimentação do bebê.

Lembre que recém-nascidos têm uma visual limitada. As cores e os movimentos estimulam a criança desde o primeiro mês. Depois, os objetos coloridos e fofinhos se mexendo divertem os pequenos. As primeiras gargalhadas da Ana Júlia foram vendo o móbile se mexer, aos dois meses.

As músicas do móbile – que devem ser suaves – também estimulam os bebês, acalmando e atraindo a atenção. Quando o bebê já estiver um pouco maior, a movimentação estimulará a criança a tentar alcança-lo com mãos ou pés.

Proporciona um momento de distração seguro.

O móbile – pelo menos aqui em casa – distrai de verdade as crianças. Desde bebê, deitadinho, até um pouquinho maior, ficando sentado. Como o berço é um ambiente seguro, dá para deixar a criança se distraindo alguns minutos. Nem que seja para ir ao banheiro.

Ajuda a acalmar o bebê.

Bebês são estranhos, rs, quanto mais sono têm, mais agitados e incomodados ficam. Mexer os braços e pernas, resmungar e chorar são alguns sinais comuns de sono. A música e a movimentação do móbile atraem a atenção e ajudam a “focar” o bebê naquele momento, acalmando-o.

Mas atenção: quando está quase dormindo, a Ana Júlia fica nervosa com muita movimentação e barulho, então o móbile não pode mais estar funcionando.

Modelo de móbile

O móbile que temos aqui em casa é esse modelo simples da Fisher-Price, da foto. Comprei quando a Manuela já tinha uns 3 meses. Decidi que precisava e comprei na louca, rs. Ela usou por uns dois meses pois logo começou a sentar e tentar puxar o brinquedo!

Guardei, foi para o meu sobrinho e agora voltou para a Juju. Ele é bem fofo, colorido e fácil de colocar no berço, mas se eu não tivesse, não compraria novamente este modelo, por um motivo bem simples: ele funciona à corda e não tem botão liga e desliga!!

Ou seja, se a Ana Júlia começa a resmungar porque quer dormir – ou eu bato nele de madrugada e começa a funcionar – não tenho como desligar. Tudo que tenho que fazer é esperar.

Então se você for comprar um móbile, sugiro que opte por um modelo com botão liga e desliga. Se tiver também controle de volume e timer, acho que é legal, mas não é imprescindível.

E-book descomplica a lista de enxoval de bebê

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados