fbpx
Lá em Casa salto de desenvolvimento 5 semanas 1 mês

Salto de desenvolvimento com 5 semanas (pouco mais de um mês)

21 de fevereiro de 2022

Choro, irritação, nervosismo (dela e nosso 😅). Assim têm sido os últimos dois dias. As madrugadas então, não gosto nem de lembrar.

Estava tão feliz que a Abigail estava espaçando 4, até 5 horas de sono à noite. Mas daí tudo se desfez: chegou a acordar 4 vezes na madrugada 🤦🏽‍♀️

De dia, a luta continua, companheiro! Só quer colo, mas no colo também está ruim. Está difícil de acalmar.

Achei que era a covid que deixou ela baqueada por uns dois dias no início da semana (sim, covidamos por aqui, mas esse é assunto pra um outro post). Mas ainda estava em dúvida…

Hoje, antes do banho, me veio a luz: salto de desenvolvimento. Joga no Google e batata: o primeiro é com 5 semanas de vida. Descrição dos “sintomas”: Abigail sem tirar nem pôr.

Quando a Manuela nasceu, eu sequer conhecia esse termo e não me lembro de ter vivido nenhuma fase dessa com ela. Já com a Ana Júlia, vivemos essa fase difícil de “salto” em TODOS os marcos que são registrados em literatura. Até os dois anos e meio, ainda vivíamos dias tensos às vésperas do surgimento de nova habilidade.

Espero que a Abigail tenha experimentado só esse primeiro e resolva seguir os passos da Manuela 🤣 Mas, se não, dai-nos paciência, Jesus, para amar e acolher como ela merece sem que a gente surte no processo #oraçãosincera

{Os saltos de desenvolvimento ou picos de crescimento são os momentos que acontecem durante o desenvolvimento infantil, em que o bebê ou a criança adquire uma nova habilidade e ainda está tentando adaptar o seu sistema perceptivo e cognitivo.

Isso afeta a maneira de a criança se relacionar com o ambiente e as pessoas ao redor até que tudo se organize novamente. É como se cada nossa habilidade trouxesse um pequeno desequilíbrio cognitivo. Até que haja um novo equilíbrio, a criança pode manifestar alguns sinais externos, como chorar mais, ficar irritadiço sem razão aparente, só querer colo, ter dificuldades de dormir, mamar demais ou de menos.

O que faz? Nada! Acolhe e espera passar! Aproveita para desenvolver a paciência no processo 😅}

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 12 anos, e Ana Júlia, 7 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2022 - Todos os direitos reservados