Lá em Casa

Segundo filho: já está na hora?

18 de setembro de 2013

Quando a Manuela nasceu, eu entrei em uma pira de que não queria ter outro filho porque eu a amava tanto, tanto, tanto que não achava justo ter que dividir esse amor. Olha só o nível da neura, rs. Mas quem é mãe entende que o amor arrebatador que nasce junto com o primeiro filho é algo muito surpreendente, inexplicável, inacreditável, que é difícil de entender… A gente demora a saber lidar com esse sentimento.

Enfim, nos dois primeiros anos, o trabalho que a pequena me dava me deixava bem ocupada e longe de querer ter outro bebê para cuidar. Quando a Manuela passou dos três anos, a ideia de ter outro filho começou a aparecer nas conversas com meu marido e passamos a pensar na hipótese.

No ano passado, conversei com ele: ou vai ou racha. A Manuela já faz praticamente tudo sozinha e essa independência começou a me fazer pensar na dependência do outro ser que nasceria e se eu estaria disposta a assumir de volta esta responsabilidade. Por outro lado, queria muito que ela tivesse um irmão com quem pudesse compartilhar a infância. Mais um motivo para apressar as coisas: quanto maior a diferença de idade, menos eles teriam em comum.

Além do mais, (atenção alerta de opinião pessoal: essa é a minha opinião, para a minha vida, respeito a opinião de cada um e não quero ofender ninguém!!!) não queria ficar grávida depois dos trinta anos. Agora, meu segundo filho vai nascer quando eu estiver com 28 anos, exatamente igual a minha mãezinha querida : ).

Bem, papo vai, papo vem, este ano decidimos mergulhar de cabeça na aventura do segundo filho. Fomos ao obstetra e começamos a planejar desde a pré-gravidez. Três meses depois, recebemos o resultado que mudaria as nossas vidas mais uma vez: POSITIVO para gravidez!

Leia também

Qual é a hora certa para ter o segundo filho?

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − seis =

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem Sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Amo escrever, amo meu marido, amo minhas três filhas e, acima de tudo, amo Jesus. Moramos na Pensilvânia, nos EUA, e, sempre que consigo, gosto de falar sobre minhas experiências, aprendizados e desafios seja na maternidade, na vida cristã ou como imigrante.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2024 - Todos os direitos reservados