Lá em Casa

Segundo filho: já está na hora?

18 de setembro de 2013

Quando a Manuela nasceu, eu entrei em uma pira de que não queria ter outro filho porque eu a amava tanto, tanto, tanto que não achava justo ter que dividir esse amor. Olha só o nível da neura, rs. Mas quem é mãe entende que o amor arrebatador que nasce junto com o primeiro filho é algo muito surpreendente, inexplicável, inacreditável, que é difícil de entender… A gente demora a saber lidar com esse sentimento.

Enfim, nos dois primeiros anos, o trabalho que a pequena me dava me deixava bem ocupada e longe de querer ter outro bebê para cuidar. Quando a Manuela passou dos três anos, a ideia de ter outro filho começou a aparecer nas conversas com meu marido e passamos a pensar na hipótese.

No ano passado, conversei com ele: ou vai ou racha. A Manuela já faz praticamente tudo sozinha e essa independência começou a me fazer pensar na dependência do outro ser que nasceria e se eu estaria disposta a assumir de volta esta responsabilidade. Por outro lado, queria muito que ela tivesse um irmão com quem pudesse compartilhar a infância. Mais um motivo para apressar as coisas: quanto maior a diferença de idade, menos eles teriam em comum.

Além do mais, (atenção alerta de opinião pessoal: essa é a minha opinião, para a minha vida, respeito a opinião de cada um e não quero ofender ninguém!!!) não queria ficar grávida depois dos trinta anos. Agora, meu segundo filho vai nascer quando eu estiver com 28 anos, exatamente igual a minha mãezinha querida : ).

Bem, papo vai, papo vem, este ano decidimos mergulhar de cabeça na aventura do segundo filho. Fomos ao obstetra e começamos a planejar desde a pré-gravidez. Três meses depois, recebemos o resultado que mudaria as nossas vidas mais uma vez: POSITIVO para gravidez!

Leia também

Qual é a hora certa para ter o segundo filho?

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 11 anos, e Ana Júlia, 6 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2020 - Todos os direitos reservados