Para Mães e Pais relacionamento entre irmãos

Como melhorar o relacionamento entre irmãos

23 de Maio de 2018

A gente deseja tanto ver um bom relacionamento entre irmãos dentro da nossa casa, né? Porém, é importante lembrar que vínculos são ligações afetivas. E a gente não pode forçar ninguém a se dar bem ou a amar outra pessoa. O que nós, pais e mães, podemos fazer é criar um ambiente livre de competição e julgamentos e um lar cheio de amor e aceitação. Assim, as crianças serão livres para amar seus irmãos e se tornarem grandes amigos.

Esse processo começa lá na gestação do segundo filho, se intensifica no nascimento do bebê mais novo e continua ao longo da infância. Precisamos eliminar as comparações, respeitar a individualidade, promover momentos em família, valorizar as manifestações de amor mútuo, entre outras atitudes que podem ser colocadas em prática no dia a dia da família.

Confira no vídeo essas e outras dicas para ajudar a melhorar o relacionamento entre irmãos.

Sobre relacionamento entre irmãos, é importante lembrar que ele pode e deve ser construído desde a gravidez – quando o filho mais velho fica sabendo da chegada do caçula.

Na ocasião do nascimento do bebê, os pais devem redobrar os cuidados para que a criança maior não se sinta rejeitada, nem deixada de lado. Se isso não acontecer, a consequência é que o mais velho poderá ver o irmão como alguém que veio para competir com ele. Essa visão é muito perigosa para o relacionamento entre eles e é bastante trabalhoso reverter essa situação – ainda que possível.

Leia mais sobre relacionamento entre irmãos

Confira alguns posts que podem ser interessantes sobre o assunto:

Ciúmes com a chegada do bebê

Ajudando o filho mais velho a lidar com o ciúme na gravidez do irmão

10 atitudes para diminuir o ciúme entre irmãos

A foto destaque deste post é da maravilhosa Adrieli Cancelier – Fotografia de família.

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 8 anos, e Ana Júlia, 3 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados