fbpx
Para Mães e Pais Meu filho só come macarrão.

“Meu filho só come macarrão.”

22 de julho de 2013

Já é difícil ensinar bons – e saudáveis – hábitos alimentares para as crianças. E fica ainda mais difícil quando a lista do que seu filho não come é muito maior do que das coisas que ele come. A nutricionista e mãe Camila Garcez Farias (que já apareceu por aqui) fala um pouco sobre isso. “Já vi muitas mães reclamarem ‘meu filho só come arroz’, ‘meu filho só come carne’, ‘meu filho só come macarrão’. Lembro-me de uma professora que dizia: ‘Tudo isto é fase e nós devemos respeitar, pois logo passa’. Só que para muitas mães esta fase parece não passar nunca!”Meu filho só come macarrão.

 

A nutricionista lembra que há estudos que dizem que devemos oferecer um alimento pelo menos 7 vezes para uma criança antes de afirmar que ela gosta ou não. Muitas mães tentam uma vez e desistem. Eu mesma já tentei algumas vezes a batata salsa com a Manuela e não adianta, ela diz que não gosta. Mas acho que ainda não cheguei às sete vezes.

“Eu não julgo as mães que desistem, pois sei como é frustrante ficar fazendo comida para depois a criança não comer ou cuspir tudo. O problema muitas vezes é a estratégia e cada mãe tem que descobrir qual estratégia funciona melhor com cada filho, pois cada um é diferente. Por exemplo, meus filhos não gostam de berinjela.

Adoro berinjela refogada ou patê, mas eles detestam. Uma amiga minha me ensinou uma receita de kibe de berinjela. Fiz e eles adoraram! Às vezes batemos na mesma tecla, insistimos nas mesmas receitas e esperamos resultados diferentes. Cabe a nós sermos mais criativas tanto na forma em que é preparado quanto na forma em que é oferecido o alimento”, comenta Camila.

Ela ainda ressalta uma coisa muito importante: não rotule os gostos de seus filhos. Se ele diz que não gosta de algo, isso não significa que nunca irá gostar! “Além de oferecer várias vezes, e de formas diferentes, lembre-se de que as preferências alimentares mudam com o tempo.

Ofereça de vez em quando e sempre dê a ele a oportunidade de querer experimentar.”  Por exemplo, se seu filho não gosta de tomate e você vai em algum lugar em que alguém vai servi-lo, não diga que ele não gosta de tomate. A nutricionista explica: “ele vai tomar para si este ‘rótulo’. Pergunte se ele quer e deixe que ele decida. Mesmo que a resposta usual seja ‘eca!’ ou ‘claro que não!’, continue perguntando, você pode ser surpreendida algum dia por um sim”.

Não perca o próximo post sobre as guloseimas na infância!!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Comentários

  1. Inglis Lima de Amorim disse:

    Meu filho come de tudo. Mas ele come sopinha só com macarrão, quando ponho arroz ele ñ come bm. Ele come no almoço e na janta macarrão. Isso pode prejudicar ele?

  2. Fernando lara disse:

    Meu filho tem 8 anos só come feijão e macarrão a uns 5 anos ele pode adquirir alguma doença

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 11 anos, e Ana Júlia, 6 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2015 - 2020 - Todos os direitos reservados