Lá em Casa

Nasceeeeeu!

30 de dezembro de 2008

Como alguns de vocês já sabem, a Manuela Pockrandt Robaina nasceu no dia 9 de dezembro de 2008, às 6h19, na Maternidade Curitiba.

Ela foi bastante apressada! Estava apenas com 33 semanas e a bolsa rompeu. Marcamos a cesárea para 48 horas depois, mas em 24 horas começaram as contrações!

Graças a Deus, ela nasceu perfeita, com 49 cm (maior que muitos bebês de termo) e 2.235g. Ela é linda, linda, linda de viver! Tem um bocão cor-de-rosa, muito cabelo pretinho e é super esperta!

Por segurança, ela foi encaminhada para a UTI Neonatal, mas já teve alta! Foi bastante triste sairmos e deixarmos ela lá, mas tudo bem (!), sabemos que é para o melhor dela.

Como compartilhei com alguns de vocês, esse bebezinho foi o motivo de nossa alegria nesse ano, que foi um ano de muitas tribulações e tristezas para a nossa família! Essa gestação – cada movimento na barriga, cada exame – nos fez sorrir em meio a muito pranto.

Com 23 semanas, descobriram que eu tenho incompetência istimo-cervical (um problema no útero, que faz com que ele “abra” antes do tempo). Esse problema é a maior causa de aborto espontâneo no Brasil e, na maioria esmagadora dos casos, só é diagnosticado quando a mulher perde o bebê, normalmente até o quinto mês (20 semanas).

O tratamento é feito nas gestações seguintes da mulher, por meio de uma cirurgia chamada cerclagem. Essa cirurgia – que eu fiz com 23 semanas – é feita com até 18 semanas.

Tudo isso, nos fez ver como Deus estava conosco… Ele não nos abandonou, mesmo em meio a tantas tribulações. Era para termos perdido a nossa princesa, mas Ele está conosco… Devia haver anjos segurando o meu útero e pensando: “será que não vão descobrir isso logo?” (hehehe).

Por isso, ela é Manuela, que vem de Emanuel – Deus conosco! (Mt 1:23)

Minha oração é que ela possa abençoar e ser alegria na vida de cada um de vocês, assim como ela já é nas nossas vidas!

Faço minhas as palavras do cantor PG:

“Filha, menina escolhida de Deus, pra fazer sorrir as nossas vidas.
Com você, os meus dias serão primavera.
A flor mais bela que Deus plantou em meu jardim!”

Quero aproveitar para “elogiar publicamente” o Júnior, que tem sido um marido fantástico. Ele tem literalmente me carregado, me sentado, me levantado, me vestido, etc, etc, etc, afinal, o pós-parto da cesárea é do casal! E isso tudo, com muito amor!

Como ela ainda é muito pequena e ainda estamos acompanhando o ganho de peso dela, a orientação é para evitarmos as visitas por enquanto! Eu sei que todos querem vê-la e pegá-la e tudo mais…. mas, em breve, será possível!

Muito obrigada pela preocupação, carinho, orações de cada um de vocês!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 10 anos, e Ana Júlia, 5 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados