Para Mães e Pais Como retirar e armazenar leite materno

Como retirar e armazenar leite materno

17 de setembro de 2014

Para as mulheres que vão voltar a trabalhar e precisam deixar o leite para que outra pessoa dê ao bebê, a orientação é que comece a fazer esse armazenamento 15 dias antes do fim da licença-maternidade. Mas você sabe como retirar e armazenar o leite materno?

Como retirar e armazenar leite materno

As orientações são da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano e do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Ordenha

A ordenha manual é a melhor forma de tirar o leite. É difícil, mas fica mais fácil com a prática. Aproveite para tirar dúvidas na maternidade, com o obstetra, pediatra e onde mais você tiver oportunidade.

Bancos de leite e unidades de saúde normalmente têm profissionais que podem ajudar! A ordenha pode ser feita sempre que necessário e não precisa de equipamentos especiais.

Local

Escolha um lugar tranquilo para fazer a ordenha. Você precisa estar calma e relaxada!

Recipiente

Tenha um recipiente limpo pronto. Prefira recipientes de vidro. Se eventualmente for usar de plástico, verifique que são livres de BPA (Bisfenol A). Há vários produtos próprios para isso!

Bomba de extração

Se estiver usando uma bomba, já deixe ela limpa e montada. Lembre de desmontar todas as pecinhas, lavar e esterilizar.

Higiene

– Prenda os cabelos e proteja a boca e o nariz com máscara (máscara eu não usava, mas é a recomendação oficial).

– Lave as mãos com água e sabão e tenha as unhas limpas e de preferência curtas.

– Caso tenha que lavar as mamas, utilize somente água, pois o sabão resseca os mamilos.

Passo a passo para ordenha do leite materno

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria

– Fique em uma posição confortável, mantenha os ombros relaxados e um pouco inclinados para frente.
– Faça massagem, com movimentos circulares, da região areolar até a base da mama.
– Posicione o dedo polegar acima da aréola, e o indicador abaixo. Pressione a região areolar com movimento firme, aproximando os dedos e direcionando-os para o tórax, de forma intermitente (tipo “aperta-solta”), até o leite começar a fluir.
– Despreze os primeiros jatos de leite (0,5 a 1 ml).
– Mude a posição dos dedos, para esvaziar todas as partes da mama.
– Aplique as últimas gotas retiradas na região mamilo-areolar, massageando delicadamente.
– Lembre-se de anotar a data da ordenha no frasco antes de congelar o leite.

Conservação do leite materno

O leite humano congelado pode ser armazenado por um período máximo de 15 dias a partir da data da coleta, se for mantido em temperatura máxima de -3 °C. Por isso a importância de anotar a dia da ordenha no frasco.

Você pode tirar um pouco de cada vez e ir colocando no mesmo frasco até que atinja a quantidade necessária para uma mamada. Neste caso, não tire o leite congelado do freezer, só coloque o “novo” sobre ele no mesmo recipiente. E sempre considere a data da ordenha mais antiga!

O leite humano refrigerado para ser oferecido pela mãe ao seu bebê, pode ser estocado por um período de até 12 horas, se guardado em temperatura máxima de 5 °C.

Depois de descongelado, o leite humano deve ser mantido sob refrigeração, em temperatura máxima de 5 °C, por até 12 horas.

Como descongelar leite materno

Para descongelar o leite, coloque o recipiente em banho-maria, com água potável, aquecendo um pouco, mas sem ferver. Ao desligar o fogo, a temperatura da água deve estar em torno dos 40 ºC, ou seja, deve ser possível tocar a água sem se queimar. O frasco deve então permanecer na água aquecida até descongelar completamente o leite.

Esse armazenamento é indicado para que o próprio bebê tome o leite em casa. Para doação de leite, caso você tenha muito (viva!), procure um Banco de Leite que dará as orientações específicas para este fim.

Eu, particularmente, nunca consegui fazer a ordenha de maneira satisfatória, mas como não precisava armazenar, não me preocupei. Se você precisa, procure um especialista que poderá te ensinar a fazer corretamente!

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

PUBLICIDADE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 9 anos, e Ana Júlia, 4 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados