Para Mães e Pais vacina de sarampo

Vacina de sarampo: com que idade tem que tomar

26 de agosto de 2019

Seu filho já tomou a vacina de sarampo? É muito importante que todos estejam vacinados para garantir a saúde de sua família e de todos ao seu redor.

Uma coisa MUITO SÉRIA que muita gente se esquece: talvez você adulto não tenha muitas complicações se tiver sarampo. Porém, você pode transmitir para um bebê que ainda não pode tomar a vacina e levá-lo até mesmo à morte.  Tomar vacina é questão de saúde pública! Não brinque com a vida das pessoas.

Quem tem que tomar a vacina de sarampo?

Os critérios de vacinação são revisados periodicamente pelo Ministério da Saúde. No momento, agosto de 2019, as orientações são:

  • Dose zero: Crianças de 6 meses a 1 ano.
  • Primeira dose: aos 12 meses (vacinas de 1 ano)
  • Segunda dose: aos 15 meses (a última dose por toda a vida)

Adulto tem que tomar a vacina de sarampo?

Se você não tem comprovação ou não lembra de ter tomado duas doses da vacina, deve procurar uma unidade de saúde e atualizar o esquema de vacinação:

  • até 29 anos: deve ter comprovação de ter tomado duas doses
  • de 30 a 49 anos: deve ter comprovação de ter tomado pelo menos uma dose

Como conferir a carteirinha de vacinação do seu filho?

Se seu filho tem mais de 15 meses, devem estar registradas duas doses da vacina contra sarampo. Na época da Manuela, o reforço era feito só com 4 anos. Com a Ana Júlia já foi aos 15 meses.

Grávida pode tomar vacina de sarampo?

Não! É contraindicado.

Quais são as vacinas de sarampo?

  • Dupla viral – Protege do vírus do sarampo e da rubéola. Pode ser utilizada para o bloqueio vacinal em situação de surto;
  • Tríplice viral – Protege do vírus do sarampo, caxumba e rubéola;
  • Tetra viral – Protege do vírus do sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora).

As vacinas são injetáveis

Onde tomar a vacina de sarampo?

As vacinas contra sarampo estão disponíveis nas redes públicas e privadas.

Quais são os sintomas de sarampo?

Os principais sintomas são:

  • febre acompanhada de tosse
  • irritação nos olhos
  • nariz escorrendo ou entupido
  • mal-estar intenso

Depois, em torno de 3 a 5 dias, outros sintomas surgem:  manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

 

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários do Facebook

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber novidades e dicas no seu e-mail

Quem sou

Sou Melina Pockrandt Robaina, filha de Deus, jornalista e mãe da Manuela (6 anos) e da Ana Júlia (1 ano)

Eu sou Melina, mas pode me chamar de Mel. Moro em Curitiba (PR), sou jornalista, empresária e mãe de duas meninas maravilhosas: Manuela, 10 anos, e Ana Júlia, 5 anos. Um dos meus maiores alvos é tornar a vida mais simples e leve todos os dias.

Saiba mais

Maternidade Simples 2017 - Todos os direitos reservados